Incentivamos a leitura do seguinte artigo, com link disponível aqui
Nossos colegas do Portupedia atualizaram a página de cálculo dos Valores de Vales Postais
clique aqui para visitá-la

“Caiu em Exigência?” Veja Os Principais Erros Dos Processos e Acerte Tudo No Seu!

124»

Comentários

  • CEGVCEGV 4041 PontosModerator Posts: 3,210

    @fabiocabrall disse:
    Gente, hoje era para ser um dia de felicidade apenas, pois saiu a convolação da minha mãe, todavia fui ao cartório pedir a cópia reprográfica da minha certidão e na referida certidão aparece a descrição da minha mãe como a pessoa que fez o registro, porém a idade dela está incorreta, lá diz "26 anos" e na época ela tinha "23", a data de nascimento dela não figura na minha certidão, mas se fizer a comparação com a certidão dela e fazer o cálculo, eu vejo que está errado...será que é problema?

    Sim, é, se você pretendia fazer pelo ACP. Só ter a idade dela, sem a data de nascimento, piora um pouquinho a situação pois em relação à idade de sua mãe nada está correto.

    Quero mandar pra ACP, pois estou com muita pressa e acabei de gastar mais de R$ 400 nessa certidão.

    1) Estranho pois certidões em geral não custam este valor.

    2) Talvez enviando por Tondela resolva mas via e-mail é improvável que te respondam qualquer coisa, já que "a rigor" não fazem análises prévias.

    3) O "certo certo" é retificar a sua certidão e depois submeter para o ACP.

    Ps: o casamento dela já está averbado na certidão portuguesa.

    menos um trabalho, principalmente se ela mudou o nome quando casou e é o nome dela de casada que consta na sua certidão de nascimento.

    vou fazer umas consultas e se achar alguma solução te chamo.

    abraços e boa sorte.

    fabiocabrall
  • TeresaFariasTeresaFarias 210 PontosMember Posts: 102

    @fabiocabrall disse:
    Gente, hoje era para ser um dia de felicidade apenas, pois saiu a convolação da minha mãe, todavia fui ao cartório pedir a cópia reprográfica da minha certidão e na referida certidão aparece a descrição da minha mãe como a pessoa que fez o registro, porém a idade dela está incorreta, lá diz "26 anos" e na época ela tinha "23", a data de nascimento dela não figura na minha certidão, mas se fizer a comparação com a certidão dela e fazer o cálculo, eu vejo que está errado...será que é problema? Quero mandar pra ACP, pois estou com muita pressa e acabei de gastar mais de R$ 400 nessa certidão.

    Ps: o casamento dela já está averbado na certidão portuguesa.

    Oi. Eu conheço um rapaz que teve exigência por esse motivo no ACP. No caso quando o pai o declarou disse que tinha 36 anos mas na verdade tinha 30 anos. Conferiram as datas no ACP r pediram p corrigir. Mas tudo depende de quem analisa. Pode ser um conservador q não crie caso mas fica ciente q pode cair em exigência por isso

    fabiocabrall
  • TeresaFariasTeresaFarias 210 PontosMember Posts: 102

    Boa tarde, hoje vi uma pessoa num grupo postar uma exigência do ACP que nunca tinha visto antes. Pediram para apresentar cópia certificada do documento de residência do português no Brasil emitido pelas autoridades competentes. Acredito que seria o RNE a identidade de estrangeiro. Dependendo da idade do português é quase impossível alguém ter. Alguém já viu uma exigência assim?

  • CEGVCEGV 4041 PontosModerator Posts: 3,210

    @TeresaFarias disse:
    Oi. Eu conheço um rapaz que teve exigência por esse motivo no ACP. No caso quando o pai o declarou disse que tinha 36 anos mas na verdade tinha 30 anos. Conferiram as datas no ACP r pediram p corrigir. Mas tudo depende de quem analisa. Pode ser um conservador q não crie caso mas fica ciente q pode cair em exigência por isso

    @TeresaFarias, esse erro não passa no ACP. Não "depende de quem analisa".

    abraços,

  • CEGVCEGV 4041 PontosModerator Posts: 3,210
    editado julho 23

    @TeresaFarias disse:
    Boa tarde, hoje vi uma pessoa num grupo postar uma exigência do ACP que nunca tinha visto antes. Pediram para apresentar cópia certificada do documento de residência do português no Brasil emitido pelas autoridades competentes. Acredito que seria o RNE a identidade de estrangeiro. Dependendo da idade do português é quase impossível alguém ter. Alguém já viu uma exigência assim?

    Teresa, sem ter ideia do que gerou a exigência é impossível dar uma opinião. Qual a justificativa para a solicitação do "documento de residência do português no Brasil emitido pelas autoridades competentes" ?

    (Pode ser que o Português não tenha nunca feito sua "Inscrição consular". Enfim.. sem ter ideia do caso estaremos só "chutando")

    A pessoa apresentou uma imagem da carta de exigência ? (obviamente com os dados pessoais protegidos)

    abraços,

  • TeresaFariasTeresaFarias 210 PontosMember Posts: 102

    @CEGV disse:

    @TeresaFarias disse:
    Boa tarde, hoje vi uma pessoa num grupo postar uma exigência do ACP que nunca tinha visto antes. Pediram para apresentar cópia certificada do documento de residência do português no Brasil emitido pelas autoridades competentes. Acredito que seria o RNE a identidade de estrangeiro. Dependendo da idade do português é quase impossível alguém ter. Alguém já viu uma exigência assim?

    Teresa, sem ter ideia do que gerou a exigência é impossível dar uma opinião. Qual a justificativa para a solicitação do "documento de residência do português no Brasil emitido pelas autoridades competentes" ?

    (Pode ser que o Português não tenha nunca feito sua "Inscrição consular". Enfim.. sem ter ideia do caso estaremos só "chutando")

    A pessoa apresentou uma imagem da carta de exigência ? (obviamente com os dados pessoais protegidos)

    abraços,

    Sim.apresentou a imagem da carta de exigência. Pedem 3 coisas: certidão casamento p comprovar o nome. Pedem transcrição casamento pois os 2 eram portugueses . Pedem o documento de residência brasileiro emitido pelas autoridades competentes. Se começaram a pedir isso vai ser complicado

  • edueceleduecel 7 PontosMember Posts: 2

    Boa noite, meu esposo e filho de Portuguesa (falecida), casada com Brasileiro (falecido)
    Para o meu esposo dar início ao processo de nacionalidade precisamos fazer a transcrição do casamento deles, e depois qual o próximo passo?
    Podemos enviar os documentos para Ponta Delgada?
    Muito obrigado

  • CEGVCEGV 4041 PontosModerator Posts: 3,210

    @eduecel, boa noite. Tudo Bem ? Bem vindo

    @eduecel disse:
    Boa noite, meu esposo e filho de Portuguesa (falecida), casada com Brasileiro (falecido)
    Para o meu esposo dar início ao processo de nacionalidade precisamos fazer a transcrição do casamento deles, e depois qual o próximo passo?

    Transcrição de casamento e, depois, pedido de atribuição de nacionalidade de seu esposo.

    Podemos enviar os documentos para Ponta Delgada?

    Pode sim. Está demorando um pouco (a conclusão está entre 3 a 4 meses). O link para o nosso tópico de transcrição é o

    https://portalcidadaniaportuguesa.com/forum/discussion/7/transcricao-de-casamento-em-ponta-delgada/p1

    Abraços e aproveite nosso Portal,

  • TeresaFariasTeresaFarias 210 PontosMember Posts: 102

    @CEGV disse:

    @TeresaFarias disse:
    Boa tarde, hoje vi uma pessoa num grupo postar uma exigência do ACP que nunca tinha visto antes. Pediram para apresentar cópia certificada do documento de residência do português no Brasil emitido pelas autoridades competentes. Acredito que seria o RNE a identidade de estrangeiro. Dependendo da idade do português é quase impossível alguém ter. Alguém já viu uma exigência assim?

    Teresa, sem ter ideia do que gerou a exigência é impossível dar uma opinião. Qual a justificativa para a solicitação do "documento de residência do português no Brasil emitido pelas autoridades competentes" ?

    (Pode ser que o Português não tenha nunca feito sua "Inscrição consular". Enfim.. sem ter ideia do caso estaremos só "chutando")

    A pessoa apresentou uma imagem da carta de exigência ? (obviamente com os dados pessoais protegidos)

    abraços,

    Oi, ainda sobre esse caso, vi no site da Policia Federal alguem perguntando sobre isso e a resposta foi de que não podem emitir segunda via de RNE de estrangeiro falecido, mas podem emitir uma declaração informando os dados do cadastro dessa pessoa como estrangeiro no Brasil Coloco aqui pois se alguem tiver na mesma situação e não tiver o documento do português (visto que muitos faleceram ha muito tempo), é possivel conseguir esse documento de residência no Brasil pela Poliia Federal informando os dados do estrangeiro.

    CEGV
  • EpidauraMoreiraEpidauraMoreira 1590 PontosMember Posts: 436
    editado outubro 10

    Bom dia @TodosOsAmigosDeLuta !

    Tenho de consolar o Paulo, tadinho...

    Procuro aqui - para trocar uma idéia - um/uma requerente 1.C que se enquadre no seguinte caso:

    1. Mora há décadas fora do Brasil e tem como unico documento de identidade brasileiro o passaporte com menos de 10 anos de expediçao (pois RGs jamais sao emitidos fora do Brasil, conforme a lei vigente).

    2. O passaporte brasileiro, por ter sido emitido no exterior, não menciona a filiaçao do portador (por estranho que pareça, ha dois tipos de passaporte brasileiro: um emitido no Brasil, onde consta o nome dos pais, outro emtido fora do Brasil, sem o nome dos pais. Informado por escrito e com veemênica administativa pelo consulado brasileiro de minha area).

    3. O titulo de eleitor foi emitido ha mais de 10 anos.

    4. A escrituraria do ACP que prepara o processo para exame/parecer/despacho da conservadora insiste em ver ou um bilhete de identidade, ou ou passaporte (com menos de 10 anos) com o nome dos pais.

    Se você caiu em tal tipo de exigência, como a resolveu?

    Espera ardentemente por comentarios relacionados ao tema e penhoradamente agradece

    sua Epidaura Moreira, a de hoje, amanha e sempre.

  • TeresaFariasTeresaFarias 210 PontosMember Posts: 102

    @EpidauraMoreira disse:
    Bom dia @TodosOsAmigosDeLuta !

    Tenho de consolar o Paulo, tadinho...

    Procuro aqui - para trocar uma idéia - um/uma requerente 1.C que se enquadre no seguinte caso:

    1. Mora há décadas fora do Brasil e tem como unico documento de identidade brasileiro o passaporte com menos de 10 anos de expediçao (pois RGs jamais sao emitidos fora do Brasil, conforme a lei vigente).

    2. O passaporte brasileiro, por ter sido emitido no exterior, não menciona a filiaçao do portador (por estranho que pareça, ha dois tipos de passaporte brasileiro: um emitido no Brasil, onde consta o nome dos pais, outro emtido fora do Brasil, sem o nome dos pais. Informado por escrito e com veemênica administativa pelo consulado brasileiro de minha area).

    3. O titulo de eleitor foi emitido ha mais de 10 anos.

    4. A escrituraria do ACP que prepara o processo para exame/parecer/despacho da conservadora insiste em ver ou um bilhete de identidade, ou ou passaporte (com menos de 10 anos) com o nome dos pais.

    Se você caiu em tal tipo de exigência, como a resolveu?

    Espera ardentemente por comentarios relacionados ao tema e penhoradamente agradece

    sua Epidaura Moreira, a de hoje, amanha e sempre.

    Bom dia. Vi um caso que a pessoa ao fazer o passaporte no exterior pediu q fosse mencionado o nome dos pais. Isso foi feito numa das páginas seguintes do passaporte onde diz Para as autoridades brasileiras. Colocaram a observação foi assinada pelo consul e carimbada. No passaporte do meu filho feito no consulado do Porto qdo era bebê fizeram uma observação nessa área informando que ele era brasileiro nato ver lei tal e tal. Então acredito q possa ser feito isso. Poderia enviar um email p ACP explicando a situação é perguntando se essa menção no passaporte resolveria.

    CEGVEpidauraMoreira
  • TeresaFariasTeresaFarias 210 PontosMember Posts: 102

    Ah é juntaria copia da resposta escrita do consulado explicando sobre isso

    EpidauraMoreira
  • CEGVCEGV 4041 PontosModerator Posts: 3,210

    Talvez uma carta oficial do consulado brasileiro, declarando que o portador do passaporte brasileiro de número XX999999, emitido em dd/mm/aaaa pelo consulado brasileiro de xxxxxxxxx tem como pais xxxxx e yyyyyyy possa resolver a questão. A solução de agregar essas informações no passaporte, mencionada pela Teresa também é boa e, creio, válida.

    abraços,

    TeresaFarias
  • EpidauraMoreiraEpidauraMoreira 1590 PontosMember Posts: 436
    editado outubro 10

    🥰 🥰 Gratidão expressa a @TeresaFarias e @CEGV !!!! 🥰 🥰

    Vamos tentar de tudo!

    Nossa, quando vejo tudo por que ja passamos desde 1980 (eu nem sequer era nascida!!!) mexendo com este assunto, vejo materia para um livro inteiro!!!!!!

    😘 😘

    CEGVTeresaFariasAndrea
  • AndreaAndrea 297 PontosMember Posts: 91

    @EpidauraMoreira, sugiro que no e-mail que for enviado para ACP, seja explicitado que atualmente há modelos diferentes de passaportes brasileiros, e que os emitidos por solicitação de consulados brasileiros não têm como norma a inserção da informação sobre filiação, mas que isso poderá ser requerido à autoridade consular brasileira local e solucionado dessa forma oficial complementar de informação sobre a filiação, ou por uma declaração oficial consular avulsa ou pela inserção dessa informação complementar em página própria do respectivo passaporte

    Boa sorte no finalzinho dessa saga “milenar”!!!
    🤗

    CEGVEpidauraMoreira
  • EpidauraMoreiraEpidauraMoreira 1590 PontosMember Posts: 436

    Extendo minha gratidão a @Andrea , pelo comentario e sugestao valiosos!

    Nota: Tudo que encaminho para o ACP vai mesmo por carta em papel, registrada e dirigida ao destinatario, citado nominalmente, para ser agregado ao processo, engordando assim a pastona, e jamais por correspondencia eletronica. Isto porque em geral E-Mails nunca sao respondidos, chamadas ao telefone nao sao atendidas, telefaxes ignorados, telexes perdidos no caminho, telegramas idem etc. etc. etc.

    Grande abraço a todos!!

    CEGV
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.