Incentivamos a leitura do seguinte artigo, com link disponível aqui
Com o fim do Horário de verão, Portugal está apenas 3 horas na frente do horário oficial brasileiro

Nossos colegas do Portupedia atualizaram a página de cálculo dos Valores de Vales Postais
clique aqui para visitá-la

DÚVIDAS DE UMA BRASILEIRA COM SONHOS PORTUGUESES

CEGVCEGV 4108 PontosModerator Posts: 3,309

DÚVIDAS DE UMA BRASILEIRA COM SONHOS PORTUGUESES

image

Minha resposta:

Oi [xxx], bom dia !!!

Obrigado pelo contato !

[xxx], lhe serei muito sincero. Ir para Portugal como ilegal é uma ideia terrível pois falta emprego em Portugal, o salário lá é baixo e como ilegal você poderá ser explorada de diversas formas.

Se você procurar informações em grupos específicos verá exatamente o que lhe acabei de dizer. Aluguéis são muito caros nos grandes centros, os ilegais são explorados por portugueses e até por brasileiros, promessas de ajuda para obtenção de documentos são feitos por gente que se aproxima de você, se dizendo amiga, e fazem isso só para lhe roubar o pouco dinheiro que você levar. Existe todo o tipo de gente safada explorando quem chega legal ou ilegalmente em Portugal. Ao longo dos anos já ouvi dezenas de histórias. E normalmente tem sempre uma oferta de emprego, oferta de regularização de documentos e, frequentemente, imigrantes ilegais.

Outro ponto é que você não terá ajuda nenhuma do estado português. Não poderá usar hospitais e serviços públicos, não poderá pedir assistência e se algo lhe acontecer e precisar de ajuda o mais provável é que você seja explorada por oportunistas.

Para os que estão chegando legalmente a vida lá já está bem difícil. Imagine para quem chega ilegalmente.

Para os que estão chegando legalmente a vida lá já está bem difícil. Imagine para quem chega ilegalmente. Se precisar de ajuda do governo brasileiro será quase impossível obtê-la.

O Tempo máximo de permanência como turista são 3 meses. E não pode trabalhar como turista. Se for pega trabalhando pode ser deportada.

Outra informação: Um amigo próximo trabalha em Companhia Aérea internacional no aeroporto Internacional [xxxx]. Ele me diz que chegam constantemente, todos os dias, dezenas de brasileiros deportados ou cuja entrada não foi permitida na Europa e Portugal. Você corre o risco de nem conseguir entrar e, pior, perder o que gastar com a passagem aérea de ida e volta.

[xxx], me tornei português a pouco tempo (nasci aqui no Brasil) e adoraria viver em Portugal. Mesmo sendo português e com a possibilidade de ir a qualquer momento para Portugal ainda não fui pois emprego lá não está fácil e principalmente aluguéis e imóveis lá estão pela hora da morte (muito caros).

Em resumo, acredite no que vou te dizer: As possibilidades de você conseguir um emprego aqui no Brasil são maiores que você conseguir em Portugal. Prefira pensar em mudar de cidade ou estado aqui no Brasil ao invés de ir ilegalmente para outro país. Aqui você tem um título e profissão, que poderá ser oferecida em qualquer cidade brasileira, por menor que seja. Lá você não será absolutamente nada. Apenas mais uma ilegal brasileira.

te desejo a melhor sorte do mundo e que tenha discernimento em sua decisão final.

abraços,

image

[xxx], se decidir ir para Portugal, sugiro que se programe. Existem diferentes vistos que você poderá solicitar para ir para Portugal legalmente. Se o destino for realmente Portugal, fique de olho nos anúncios de emprego e possibilidades de abrir um pequeno negócio lá.

O importante é se planejar, organizar sua viagem e ir legalmente para ter toda a rede de apoio que todos os que vão legalmente tem. Indo ilegal você fica no pior limbo possível e, como alguém que está constantemente ajudando brasileiros a se tornarem portugueses, acabo ouvindo constantemente, em diversos grupos, histórias muito tristes de quem foi para Portugal sem se planejar direitinho. E, mais importante, não acredite nas histórias bonitas que alguns colocam em locais como o Facebook. Para cada história bonita existem pelo menos 50 histórias tristes e terríveis.

Você me achou por um grupo voltado à obtenção de nacionalidade portuguesa. Saiba, por exemplo, que para cada história do tipo "consegui minha nacionalidade rapidinho e sozinho" existem umas 50 outras histórias, que ninguém conta, de gente que tentou fazer sozinha e "deu com os burros n'água" (tiveram suas solicitações recusadas ou caíram em exigências que não conseguiriam ser cumpridas). Em resumo, ninguém gosta de publicar ou escrever fracassos no Facebook. Então não acredite somente nas histórias bonitas e acredite que existem muito mais histórias tristes.

Não escrevo isso para lhe desestimular para a vida mas, sim, para que você se prepare adequadamente para qualquer movimento futuro que faça, pesando muito seriamente decisões e possíveis consequências.

Abraços,

Esta discussão está fechada.