Senhores Usuários,

Pedimos que consultas/dúvidas sejam preferencialmente realizadas/perguntadas através dos tópicos. Consultas através de mensagens privativas, somente as aconselhamos nos casos que informações claramente pessoais e privativas precisem ser informadas.

agradecemos a colaboração,


Equipe Portal Cidadania Portuguesa

Transcrição de casamento em PONTA DELGADA

12357

Comentários

  • galvaoalessandragalvaoalessandra 43 PontosPosts: 12Member

    Bom dia! Vou explicar melhor: em 12 de abril, me responderam em. Post que deveria mandar uma foto.do vale.postal para o.email do arquivo distrital. Só isso. Daí.fiquei em dúvida, pois não sei qual é o referido arquivo distrital e qual o e-mail o post.se referia. Se puder me esclarecer melhor , agradeço imensamente.

  • nicolasnicolas 57 PontosPosts: 14Member

    Pessoal, minha mãe não mudou seu nome ao casar, e eu nasci após 1978. Pelo que entendi, não vou precisar transcrever seu casamento em Portugal antes de entrar com meu processo de atribuição. É isso mesmo?

  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @galvaoalessandra disse:
    Bom dia! Vou explicar melhor: em 12 de abril, me responderam em. Post que deveria mandar uma foto.do vale.postal para o.email do arquivo distrital. Só isso. Daí.fiquei em dúvida, pois não sei qual é o referido arquivo distrital e qual o e-mail o post.se referia. Se puder me esclarecer melhor , agradeço imensamente.

    Alessandra, vou te procurar em conversa privativa... tá muito enrolado... me parece que seu assunto não tem a ver com transcrição de casamento...

  • tarcisiolinharestarcisiolinhares 7 PontosPosts: 3Member

    @CEGV disse:

    @tarcisiolinhares disse:
    Obrigado, é verdade, ainda não recebi a de inteiro teor, mas a data que usamos é a do casamento civil ou religioso?

    Se existir o registro civil do casamento, ele é sempre preferível em comparação ao religioso. Aí você deve usar todas as informações do registro civil, desconsiderando (para fins de transcrição) os dados do religioso.

    Abraços,

    Recebi a de inteiro teor, foi um casamento religioso com efeito civil. Lá consta que foi registrado cartório em 23/05/2012, somente isso e que o casamento religioso ocorreu em 21/04/2012 as 20:00 na paróquia xxxxx e que o celebrante foi Pe xxxx. Então devo usar o do casamento religioso que está mais detalhado? devo marcar também sem convenção antinupcial? Obrigado

  • Rafa1509Rafa1509 826 PontosPosts: 317Moderator

    @tarcisiolinhares disse:

    Recebi a de inteiro teor, foi um casamento religioso com efeito civil. Lá consta que foi registrado cartório em 23/05/2012, somente isso e que o casamento religioso ocorreu em 21/04/2012 as 20:00 na paróquia xxxxx e que o celebrante foi Pe xxxx. Então devo usar o do casamento religioso que está mais detalhado? devo marcar também sem convenção antinupcial? Obrigado

    Olá Tarcísio,

    O casamento religioso só é marcado quando, à epoca do casamento, o religioso também fazia efeito civil...

    Lhe explico:

    Até 1800 e pouquinhos, os casamentos eram celebrados pela Igreja Católica, para os católicos, ou em juiz de paz para quem não era católico.

    NESTE CASO, a pessoa marcaria RELIGIOSO, pois, na época, a lei do país permitia ambos os casamentos: CIVIL e RELIGIOSO.

    Pela data que você mencionou, somente a cerimônia foi realizada pelo Padre, que tem, pela lei brasileira, autonomia, mediante a um processo prévio de habilitação cartorial, ou seja, somente com o casamento, no Brasil, não é reconhecido pelo Governo.

    Pela explicação acima, você deverá marcar SOMENTE o casamento CIVIL, aí sim, sendo o celebrante o FREI/PADRE/REVERENDO fulano de tal...

    Lembramos que, apesar do Padre poder realizar os casamentos, estes só passam a ter valor legal, depois da certidão ser lavrada, segundo as leis brasileiras, em cartório.

    Espero ter sido claro!

  • nicolasnicolas 57 PontosPosts: 14Member

    @nicolas disse:
    Pessoal, minha mãe não mudou seu nome ao casar, e eu nasci após 1978. Pelo que entendi, não vou precisar transcrever seu casamento em Portugal antes de entrar com meu processo de atribuição. É isso mesmo?

    Alguém pode confirmar que não precisarei mesmo fazer a transcrição do casamento da minha mãe?

  • Rafa1509Rafa1509 826 PontosPosts: 317Moderator

    @nicolas,

    Sua pergunta deverá ser relacionada neste tópico:

    http://portalcidadaniaportuguesa.com/forum/discussion/96/quadros-informativos-estado-civil-dos-pais-declarante-do-nascimento-e-descendencia-portuguesa/p1

    Já lhe adianto que deverás transcrever o casamento, pois o declarante não foi (ou não deve ter sido) a sua própria mãe, a portuguesa...

    O link acima explica, detalhadamente, essa situação...

  • Andre_25Andre_25 33 PontosPosts: 16Member

    Ola, boa tarde pessoal

    Tira uma dúvida ... Solicitei a transcrição de casamento da minha vó e junto com a transcrição solicitei a dissolução do casamento pelo obito do meu vô..

    Chegou em casa a carta informando que foi concluído a transcrição. Porém na certidão de casamento não está falando da dissolução do casamento...

    Como devo proceder? tevo ligar para PD ? Enviei um email porém não tive resposta até o momento...

    Obrigado.

  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @Andre_25 disse:
    Ola, boa tarde pessoal
    Chegou em casa a carta informando que foi concluído a transcrição. Porém na certidão de casamento não está falando da dissolução do casamento...
    Como devo proceder? tevo ligar para PD ? Enviei um email porém não tive resposta até o momento...

    Você transcreveu o casamento dos seus avós.

    Entendo que deve transcrever o óbito do seu avô, caso seja português, para que ele conste averbado na certidão de nascimento da sua avó e na certidão de casamento dos seus avós.

    Andre_25
  • Andre_25Andre_25 33 PontosPosts: 16Member

    @CEGV disse:

    @Andre_25 disse:
    Ola, boa tarde pessoal
    Chegou em casa a carta informando que foi concluído a transcrição. Porém na certidão de casamento não está falando da dissolução do casamento...
    Como devo proceder? tevo ligar para PD ? Enviei um email porém não tive resposta até o momento...

    Você transcreveu o casamento dos seus avós.

    Entendo que deve transcrever o óbito do seu avô, caso seja português, para que ele conste averbado na certidão de nascimento da sua avó e na certidão de casamento dos seus avós.

    Eu solicitei a transcrição do obito do meu avô (brasileiro). Porém não é informado na certidão de casamento que minha avó ficou viuva ou algo do tipo..

  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator
    editado abril 25

    @Andre_25 disse:
    Eu solicitei a transcrição do obito do meu avô (brasileiro). Porém não é informado na certidão de casamento que minha avó ficou viuva ou algo do tipo..

    Acho conveniente a leitura das seguintes páginas:

    https://justica.gov.pt/Servicos/Declarar-um-obito

    http://www.irn.mj.pt/IRN/sections/irn/a_registral/registo-civil/docs-do-civil/obito-onde-declarar/

  • Ana2019Ana2019 27 PontosPosts: 4Member

    Olá pessoal!
    Sou nova por aqui e agradeço imensamente por poder participar. As informações que vejo tem me ajudado muito, e também tenho aprendido muito com todas as perguntas e respostas.
    No nosso caso, vamos fazer a transcrição do casamento de um casal de portugueses em Ponta Delgada. Ambos só possuem registro de batismo, pois nasceram antes de 1911.
    Li uma explicação do @CEGV sobre a exigência da apresentação da Certidão de Batismo, com a carta do Arquivo distrital e sobre translado de registros, mas fiquei com algumas dúvidas:
    1) É possível pedir o translado do registro de batismo para o registro civil (informatizado ou não)?
    2) Com a transcrição do casamento, é feita esta anotação no livro de batismo dos portugueses ou fica em separado? Se sim, em quanto tempo geralmente o Arquivo distrital faria esta anotação no livro de batismo?
    3) Pensando no próximo passo (processo de atribuição do filho dos portugueses), após a transcrição, caso não haja a anotação do casamento no livro de batismo dos portugueses, ele pode usar uma certidão de batismo certificada mais antiga, com data anterior ao processo de transcrição, ou deverá pedir uma certidão de batismo certificada com data posterior à transcrição?
    4) Como é feita a prova da transcrição do casamento dos pais portugueses no processo de atribuição do filho, quando os pais nasceram antes de 1911 e só têm um registro de batismo?
    Abraços!

    CEGV
  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @Ana2019 disse:
    Olá pessoal! ...
    Sou nova por aqui e agradeço imensamente por poder participar. As informações que vejo tem me ajudado muito, e também tenho aprendido muito com todas as perguntas e respostas.

    bem vinda, Ana. Espero que possamos lhe ajudar !

    No nosso caso, vamos fazer a transcrição do casamento de um casal de portugueses em Ponta Delgada. Ambos só possuem registro de batismo, pois nasceram antes de 1911.
    Li uma explicação do @CEGV sobre a exigência da apresentação da Certidão de Batismo, com a carta do Arquivo distrital e sobre translado de registros, mas fiquei com algumas dúvidas:
    1) É possível pedir o translado do registro de batismo para o registro civil (informatizado ou não)?

    Muito trabalho para pouco resultado. Isto normalmente é decisão e trabalho do pessoal das conservatórias. Adicione o fato que os registros originais estão no Arquivo Distrital e não em alguma conservatória. O mais rápido é fazer o que todo mundo faz: Pedir uma ou duas cópias certificadas ao Arquivo Distrital e que seja(m) enviada(s) para sua casa. Uma será usada na transcrição do casamento e outra no processo de cidadania. Importante ressaltar que no caso do uso de certidões de batismo é importante tentar enviar algum outro documento civil que demonstre como ficou, durante a vida, o nome completo daquele que você apresenta a certidão de batismo. Cópias autenticadas de documentos portugueses, certidões de casamento ou óbito podem ser usadas.

    2) Com a transcrição do casamento, é feita esta anotação no livro de batismo dos portugueses ou fica em separado? Se sim, em quanto tempo geralmente o Arquivo distrital faria esta anotação no livro de batismo?

    É criada uma certidão de casamento no registro civil informatizado. A parte que você menciona do Arquivo distrital você não precisa se preocupar pois o requerente (cônjuge, requerente ou procurador) receberá uma via do assento de casamento.

    3) Pensando no próximo passo (processo de atribuição do filho dos portugueses), após a transcrição, caso não haja a anotação do casamento no livro de batismo dos portugueses, ele pode usar uma certidão de batismo certificada mais antiga, com data anterior ao processo de transcrição, ou deverá pedir uma certidão de batismo certificada com data posterior à transcrição?

    Que saiba não existe "validade" nessas certidões de batismo certificadas. Como disse, para agilizar, dá até para pedir duas ou mais certidões certificadas. Uma primeira a ser usada na transcrição e outra(s) que será(ão) usada(s) na(s) cidadania(s) do(s) filho(s).

    4) Como é feita a prova da transcrição do casamento dos pais portugueses no processo de atribuição do filho, quando os pais nasceram antes de 1911 e só têm um registro de batismo?

    Todas certidões de casamento são registradas no SIRIC, sistema nacional de registro civil português e acessíveis nacionalmente a conservatórias e outros órgãos portugueses. Quando você receber a certidão de casamento portuguesa pode fazer cópias simples e enviá-las junto com o(s) processo(s) de nacionalidade dos filhos

    abraços e boa sorte.

    PS: Ana, você fala sempre dos portugueses em 3a pessoa. Pode nos dizer a sua relação com eles ?

  • mabarrosmabarros 405 PontosPosts: 118Member

    Pergunta que pode ser boba. Vou fazer a transcrição de casamento dos meus pais e no início to em dúvida no que escrever em: na qualidade de: (grau de parentesco ou procurador(a)_______________________. No caso seria meu pai que vai ser essa pessoa, e aí escrevo "marido" ou "esposo"? Valeu!

  • Igorpt2019Igorpt2019 36 PontosPosts: 21Member

    Caros amigos, meu processo 22/01 entrou em exigência, ACP solicitou transcrição de casamento da minha mãe mesmo ela sendo a declarante na minha certidão.

    Atualmente estou em portugal, sabe me dizer o local mais rápido para se fazer essa transcrição pessoalmente ? ACP deu um prazo de 20 dias corridos, sera que se eu chegar com essa carta em alguma conservatoria eles dão preferência ?

    Obrigado

  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @mabarros disse:
    Pergunta que pode ser boba. Vou fazer a transcrição de casamento dos meus pais e no início to em dúvida no que escrever em: na qualidade de: (grau de parentesco ou procurador(a)_______________________. No caso seria meu pai que vai ser essa pessoa, e aí escrevo "marido" ou "esposo"? Valeu!

    Se é seu próprio pai o requerente, pode usar o termo "Nubente"

    abraços,

  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @Igorpt2019 disse:
    Caros amigos, meu processo 22/01 entrou em exigência, ACP solicitou transcrição de casamento da minha mãe mesmo ela sendo a declarante na minha certidão.
    Atualmente estou em portugal, sabe me dizer o local mais rápido para se fazer essa transcrição pessoalmente ? ACP deu um prazo de 20 dias corridos, sera que se eu chegar com essa carta em alguma conservatoria eles dão preferência ?

    A rigor não há preferências ou urgências. Se você for fazer sozinho, procure primeiro saber as conservatórias que efetivamente recebem, analisam, decidem, despacham e averbam transcrições de casamento. Ou seja, verifique se aquela conservatória não atua somente como "intermediária". Procure saber informalmente sobre prazos e, se for pessoalmente, avalie a boa vontade de quem te atender. Como falamos frequentemente aqui, a mais "redondinha" para envio via postal é Ponta Delgada. aproximadamente 30 dias corridos após recebimento, caso tudo em ordem, a transcrição estará concluída. Como você está em Portugal, pessoalmente talvez você tenha outras opções, principalmente em CRCs pequenas e do interior.

    abraços e boa sorte.

  • mabarrosmabarros 405 PontosPosts: 118Member

    @CEGV disse:

    @mabarros disse:
    Pergunta que pode ser boba. Vou fazer a transcrição de casamento dos meus pais e no início to em dúvida no que escrever em: na qualidade de: (grau de parentesco ou procurador(a)_______________________. No caso seria meu pai que vai ser essa pessoa, e aí escrevo "marido" ou "esposo"? Valeu!

    Se é seu próprio pai o requerente, pode usar o termo "Nubente"

    abraços,

    Boa! E no campo onde diz que (o) ou (a) nubente adotou o nome após o casamento, caso não tenha mudado, deixa em branco?

  • Igorpt2019Igorpt2019 36 PontosPosts: 21Member

    Galera, só recordando, como minha mãe já se separou, os docs são:

    Certidão de nascimento de INTEIRO TEOR digitada apostilada do meu pai brasileiro.

    Certidão de divórcio de INTEIRO TEOR digitada apostilada dos meus pais.

    Certidão de nascimento da minha mãe portuguêsa simples.

    Requerimento preenchido e assinado na frente do escrevente.

    Correto ?

  • Andre_25Andre_25 33 PontosPosts: 16Member

    @CEGV disse:

    @Andre_25 disse:
    Eu solicitei a transcrição do obito do meu avô (brasileiro). Porém não é informado na certidão de casamento que minha avó ficou viuva ou algo do tipo..

    Acho conveniente a leitura das seguintes páginas:

    https://justica.gov.pt/Servicos/Declarar-um-obito

    http://www.irn.mj.pt/IRN/sections/irn/a_registral/registo-civil/docs-do-civil/obito-onde-declarar/

    @CEGV , minha avó é portuguesa atribuida. Meu Avô é brasileiro.
    minha mãe fez a solicitação da dissolução do casamento da mãe dela pelo obito do pai.

    Enviamos a certidão de obito inteiro teor digitada apostilada e a solicitação da dissolução reconhecido firma por auteticidae.

    Porém não consta nem na certidão de casamentoe de nascimento da minha avó a dissolução do casamento.

    Precisamos informar o obito do meu avô , pq minhã avó tem um filho de um segundo casamento realizado apos o obito do meu avô....

    Preciso falar com PD porém não consigo ...

  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @Andre_25 disse:
    Enviamos a certidão de obito inteiro teor digitada apostilada e a solicitação da dissolução reconhecido firma por auteticidae.
    Porém não consta nem na certidão de casamentoe de nascimento da minha avó a dissolução do casamento.
    Precisamos informar o obito do meu avô , pq minhã avó tem um filho de um segundo casamento realizado apos o obito do meu avô....

    Preciso falar com PD porém não consigo ...

    explique seu caso, desde o início no seguinte e-mail e informe que não está conseguindo retorno da Conservatória de PD

    registos.centrais@irn.mj.pt

    André, pelo que entendo, Ponta Delgada só faz casamentos.

    O óbito do seu avô, mesmo sendo brasileiro, por constar de um assento de nascimento português, deve ser transcrito em Portugal. A trasnscrição é gratuita e, salvo engano, tem que ocorrer antes da transcrição de um novo casamento da sua avó.

    Outro ponto é que separações, pelo menos divórcios, são tratadas em Portugal em tribunais (de relação). Tenho minhas dúvidas se a dissolução do casamento da sua avó não precisará ocorrer através de um processo judicial.

    O contato com o e-mail acima poderá lhe ajudar a contatar PD ou solucionar a questão de fundo.

    abraços,

  • Andre_25Andre_25 33 PontosPosts: 16Member

    @CEGV disse:

    @Andre_25 disse:
    Enviamos a certidão de obito inteiro teor digitada apostilada e a solicitação da dissolução reconhecido firma por auteticidae.
    Porém não consta nem na certidão de casamentoe de nascimento da minha avó a dissolução do casamento.
    Precisamos informar o obito do meu avô , pq minhã avó tem um filho de um segundo casamento realizado apos o obito do meu avô....

    Preciso falar com PD porém não consigo ...

    explique seu caso, desde o início no seguinte e-mail e informe que não está conseguindo retorno da Conservatória de PD

    registos.centrais@irn.mj.pt

    André, pelo que entendo, Ponta Delgada só faz casamentos.

    O óbito do seu avô, mesmo sendo brasileiro, por constar de um assento de nascimento português, deve ser transcrito em Portugal. A trasnscrição é gratuita e, salvo engano, tem que ocorrer antes da transcrição de um novo casamento da sua avó.

    Outro ponto é que separações, pelo menos divórcios, são tratadas em Portugal em tribunais (de relação). Tenho minhas dúvidas se a dissolução do casamento da sua avó não precisará ocorrer através de um processo judicial.

    O contato com o e-mail acima poderá lhe ajudar a contatar PD ou solucionar a questão de fundo.

    abraços,

    @CEGV , obrigado pela ajuda.

    Recebi um e-mail de PD informando que a dissolução do casamento pelo obito , foi concluída.

    Toda esse transtorno ocorreu por que a dissolução do casamento pelo obito foi feita 3 dias depois que atranscrição do casamento foi feita, ou seja a certidão de casamento foi enviada para o Brasil sem constar a dissolução, o que me fez achar que não tinha sido feita.

    Agora podemos dar inicio ao processo de meu tio que é mais chato , pois minha avó apos o falecimento do marido , "se casou", (foi morar junto ) com o pai do meu tio. por isso precisavamos da dissolução pelo obito.

    Obrigado.
    André

    CEGV
  • Claudia2019Claudia2019 68 PontosPosts: 17Member

    Boa noite.
    Enviei a documentação para Ponta Delgada para a transcrição do casamento do meu avô, porém caiu em exigência e eles devolveram tudo, inclusive o vale postal não descontado. Já solucionei tudo que foi pedido e quero mandar a documentação novamente mas não consigo reaver o dinheiro do vale postal junto aos Correios. A agência dos correios que eu enviei os documentos e vale, me fala que eu devo esperar o correio entrar em contato por email me informando onde devo receber. Isso já faz tempo e nada de email. Já liguei, abri ouvidoria, e até agora ninguém informa como recebo meu dinheiro de volta. Alguém já passou por isso aqui? Minha raiva dos Correios só aumenta! Como pode uma empresa tão grande ser tão desorganizada? Estou paralisada nessa questão ridícula.

  • SantiagoSantiago 28 PontosPosts: 14Member

    Bom dia pessoal, meu requerimento enviado para transcrição está com a data diferente da data da assinatura no cartório, será que terei problemas?? Coloquei a data de preenchimento dia 15 e dia 20 reconheci firma no cartório.

  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @Santiago disse:
    Bom dia pessoal, meu requerimento enviado para transcrição está com a data diferente da data da assinatura no cartório, será que terei problemas?? Coloquei a data de preenchimento dia 15 e dia 20 reconheci firma no cartório.

    Não deveria dar problema. Depende do bom humor de quem analisar seu requerimento. O problema talvez fosse maior se fosse ao contrário: Data do requerimento posterior ao do reconhecimento. Isto, sim, levantaria dúvidas.

    abraços,

  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @Claudia2019 disse:
    Boa noite.
    Enviei a documentação para Ponta Delgada para a transcrição do casamento do meu avô, porém caiu em exigência e eles devolveram tudo, inclusive o vale postal não descontado. Já solucionei tudo que foi pedido e quero mandar a documentação novamente mas não consigo reaver o dinheiro do vale postal junto aos Correios. A agência dos correios que eu enviei os documentos e vale, me fala que eu devo esperar o correio entrar em contato por email me informando onde devo receber. Isso já faz tempo e nada de email. Já liguei, abri ouvidoria, e até agora ninguém informa como recebo meu dinheiro de volta. Alguém já passou por isso aqui? Minha raiva dos Correios só aumenta! Como pode uma empresa tão grande ser tão desorganizada? Estou paralisada nessa questão ridícula.

    Muitos passaram e ainda passam por este inconveniente. Por isso que eu, pessoalmente, detesto vales postais. Infelizmente para transcrições não há alternativas. Dependemos dos correios e se algo não sai direito, leva muito tempo para o reembolso chegar. E também por isso é importante enviar processos impecáveis, evitando estes constrangimentos e perda de dinheiro e tempo.

    Continue em contato com a ouvidoria, reclame no reclame aqui, etc...

    abraços e boa sorte.

    julianamb
  • Claudia2019Claudia2019 68 PontosPosts: 17Member

    Obrigada CEGV! Consegui receber hoje, mas precisei fazer um pequeno tumulto na agência e depois de 40min descobriram onde tinha ido parar meu dinheiro. Descobri que quando o vale postal é devolvido ele vai para uma agência perto da casa do remetente e não para a agência onde foi enviado. O valor fica disponível para recebimento depois de 15 dias após o vencimento do Vale. Abraço a todos.

    CEGV
  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @mmorem disse:
    Entrei com o pedido no consulado de Barcelona há 1 mês. Lá me informaram que este tipo de processo estava tardando entre 3 a 4 meses devido ao alto número de processos e, para agravar ainda mais, ocorreu uma greve há pouco.

    Alguém recebeu o mesmo prazo estimado ou já teve seu processo concluído, caso tenham pedido há mais ou menos o mesmo tempo?

    Via consulado é outra história, @mmorem mas imagino que deve estar mais ou menos por aí mesmo..

    abraços,

    ps: movi seu comentário para este tópico pois tem mais a ver com o assunto.

  • FernandopfFernandopf 17 PontosPosts: 1Member

    Boa noite,
    Como minha ex esposa pode preencher o requerimento de transcrição de casamento sendo divorciada e tendo mudado o nome para o de solteira. Onde devemos preencher com o nome de casada e onde preenchemos com o nome usado após o divórcio sendo que ela é a requerente (portuguesa por atribuição)?

    CEGV
  • robertantunessrobertantuness 29 PontosPosts: 3Member

    Bom tarde!

    Estou em Portugal para solicitar minha aquisição e descobri que a transcrição de casamento de minha mãe não está pronta. Liguei para o linha de registros, fiquei 1 hora e meia no telefone e desligaram falando que estavam com problema no sistema. Liguei para ponta delgada e disseram que não tem o que fazer.

    A questão é, eu preciso saber a que pé anda a transcrição, pois estou em Portugal e totalmente no escuro.
    Alguém sabe algum número ou e-mail que eu posso contatar para descobri o número do processo ou tempo para ficar pronto?

    Agradeço muito!

    CEGV
  • guilhermegbguilhermegb 62 PontosPosts: 24Member

    Pedindo pelo civilonline, o assento de minha avo, percebi que a naturalidade de minha bisavo está errada. Irei fazer a transcrição de seu casamento e na certidão de casamento (brasileira) de minha avo há a naturalidade de minha bisavo brasileira, gostaria de saber se há algum problema com isso?

    CEGV
  • daniariddaniarid 18 PontosPosts: 1Member

    Boa noite . Sou nova por aqui. Mas a minha atribuição saiu por ACP. Enviei início de dezembro/2018 e minha atribuição saiu em 18/03/2019. Agora preciso transcrever casamento e solicitar a atribuição de meus filhos menores. Ponta Delgada só faz transcrição de casamento? Alguém sabe me dizer se posso enviar transcrição de casamento + atribuição de filho menor para Tondela tudo junto?

    CEGVRelvis
  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @Fernandopf disse:
    Boa noite,
    Como minha ex esposa pode preencher o requerimento de transcrição de casamento sendo divorciada e tendo mudado o nome para o de solteira.

    Ela deve, no requerimento, usar o nome e documentos que atualmente usa (na informação sobre dados do requerente).

    Onde devemos preencher com o nome de casada

    Não informa... será exibida na certidão que será enviada.
    Preencha APENAS os campos do requerimento e não tente mudar o requerimento

    e onde preenchemos com o nome usado após o divórcio sendo que ela é a requerente (portuguesa por atribuição)?

    A solicitação é de transcrição de casamento. Não são informados dados do divórcio no requerimento pois divórcio será outro processo, judicial.

    abraços,

    Relvis
  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @robertantuness disse:
    Estou em Portugal para solicitar minha aquisição e descobri que a transcrição de casamento de minha mãe não está pronta. Liguei para o linha de registros, fiquei 1 hora e meia no telefone e desligaram falando que estavam com problema no sistema. Liguei para ponta delgada e disseram que não tem o que fazer.
    A questão é, eu preciso saber a que pé anda a transcrição, pois estou em Portugal e totalmente no escuro.

    @robertantuness, você não passou dado algum sobre o processo de transcrição. O mais importante é quando foi recebido em Ponta Delgada. Após recebido, caso não tenha exigências a cumprir por deficiência de documentação ou requerimento, a transcrição fica pronta em até 40 dias. Com excesso de trabalho, talvez leve um pouco mais de tempo. Aguarde este prazo e ligue para a Linha de Registos (LR) para perguntar sobre seu processo de transcrição.

    Roberta, não tem forma mágica de agilizar o trabalho do IRN, infelizmente. Aguarde a conclusão, siga ligando a cada 15 dias para a LR para checar sobre a conclusão da transcrição.

    Abraços,

    Relvis
  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @guilhermegb disse:
    Pedindo pelo civilonline, o assento de minha avo, percebi que a naturalidade de minha bisavo está errada. Irei fazer a transcrição de seu casamento e na certidão de casamento (brasileira) de minha avo há a naturalidade de minha bisavo brasileira, gostaria de saber se há algum problema com isso?

    Qualquer dado comprovadamente errado em uma certidão pode ser motivo para exigência porém não me recordo, nos últimos quase 6 anos, de ter lido que um processo caiu em exigência porque a naturalidade portuguesa estava errada. Veja se realmente está errada, que trata-se de um outro lugar, ou se apenas ocorreram mudanças políticas que mudaram o nome do local. Muitas freguesias se fundiram em Portugal no último século.

    abraços,

    Relvis
  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @daniarid disse:
    Boa noite . Sou nova por aqui. Mas a minha atribuição saiu por ACP. Enviei início de dezembro/2018 e minha atribuição saiu em 18/03/2019. Agora preciso transcrever casamento e solicitar a atribuição de meus filhos menores. Ponta Delgada só faz transcrição de casamento?

    Oi @daniarid, bem vinda. Parabéns pela sua atribuição !

    Sim, PD só faz transcrições de casamentos (via postal)

    Você pode, depois da transcrição, conferir no nosso tópico de filhos, os prazos melhores para atribuição de seus filhos.

    Alguém sabe me dizer se posso enviar transcrição de casamento + atribuição de filho menor para Tondela tudo junto?

    Muita gente já fez isso e funcionou neste caso específico (Transcrição + Atribuição de Filhos menores) em TONDELA. Coloque tudo junto, organizado, um envelope por processo (dentro de um envelope grande) e mande uma carta explicando o que pretende (não assine a carta). Importante frisar que cada "processo" deve ter seu conjunto único de documentos. Não pode usar uma mesma certidão para mais de um processo.

    Abraços

    Relvis
  • guilhermegbguilhermegb 62 PontosPosts: 24Member

    @CEGV disse:

    @guilhermegb disse:
    Pedindo pelo civilonline, o assento de minha avo, percebi que a naturalidade de minha bisavo está errada. Irei fazer a transcrição de seu casamento e na certidão de casamento (brasileira) de minha avo há a naturalidade de minha bisavo brasileira, gostaria de saber se há algum problema com isso?

    Qualquer dado comprovadamente errado em uma certidão pode ser motivo para exigência porém não me recordo, nos últimos quase 6 anos, de ter lido que um processo caiu em exigência porque a naturalidade portuguesa estava errada. Veja se realmente está errada, que trata-se de um outro lugar, ou se apenas ocorreram mudanças políticas que mudaram o nome do local. Muitas freguesias se fundiram em Portugal no último século.

    abraços,

    Olá,
    A naturalidade errada é a da mãe da portuguesa que é brasileira, então é a cidade brasileira que está errada, não há nenhuma informação errada da portuguesa.

    Relvis
  • guilhermegbguilhermegb 62 PontosPosts: 24Member

    Tentando explicar melhor, no campo do assento de nascimento, onde indica nome e naturalidade da mãe de minha avó, a cidade está errada.

  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @guilhermegb disse:
    Olá,
    A naturalidade errada é a da mãe da portuguesa que é brasileira, então é a cidade brasileira que está errada, não há nenhuma informação errada da portuguesa.

    Guilherme, as informações, em todos os documentos apresentados, têm que "bater". Quando não são idênticas / congruentes os processos caem em exigência. Atenção especial é dada pelos analistas e conservadores às informações dos portugueses.

    abraços,

    Relvis
  • guilhermegbguilhermegb 62 PontosPosts: 24Member

    @CEGV disse:

    @guilhermegb disse:
    Olá,
    A naturalidade errada é a da mãe da portuguesa que é brasileira, então é a cidade brasileira que está errada, não há nenhuma informação errada da portuguesa.

    Guilherme, as informações, em todos os documentos apresentados, têm que "bater". Quando não são idênticas / congruentes os processos caem em exigência. Atenção especial é dada pelos analistas e conservadores às informações dos portugueses.

    abraços,

    Ok, obrigado, há algum modo de tentar corrigir esse erro?

    Relvis
  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @guilhermegb disse:
    Ok, obrigado, há algum modo de tentar corrigir esse erro?

    A única forma de corrigir erros de certidões é retificando-as.

    abraços,

    Relvis
  • guilhermegbguilhermegb 62 PontosPosts: 24Member

    @CEGV disse:

    @guilhermegb disse:
    Ok, obrigado, há algum modo de tentar corrigir esse erro?

    A única forma de corrigir erros de certidões é retificando-as.

    abraços,

    Olá,
    Eu deveria tentar mandar um email para rcentrais.retificacoes ou tentar fazer a transcrição primeiro? visto que na certidão de casamento de minha vo, consta a naturalidade minha bisavo.

    Relvis
  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @guilhermegb disse:
    Eu deveria tentar mandar um email para rcentrais.retificacoes ou tentar fazer a transcrição primeiro? visto que na certidão de casamento de minha vo, consta a naturalidade minha bisavo.

    Se o erro foi do IRN, ou seja, você mandou documentos que falam uma coisa e no assento português foi colocado outra coisa, deve se comunicar com eles pelo e-mail que você mencionou. Se o erro estiver na documentação brasileira, deve retificar a(s) certidão aqui no brasil.

    Relvis
  • robertantunessrobertantuness 29 PontosPosts: 3Member

    @CEGV disse:

    @robertantuness disse:
    Estou em Portugal para solicitar minha aquisição e descobri que a transcrição de casamento de minha mãe não está pronta. Liguei para o linha de registros, fiquei 1 hora e meia no telefone e desligaram falando que estavam com problema no sistema. Liguei para ponta delgada e disseram que não tem o que fazer.
    A questão é, eu preciso saber a que pé anda a transcrição, pois estou em Portugal e totalmente no escuro.

    @robertantuness, você não passou dado algum sobre o processo de transcrição. O mais importante é quando foi recebido em Ponta Delgada. Após recebido, caso não tenha exigências a cumprir por deficiência de documentação ou requerimento, a transcrição fica pronta em até 40 dias. Com excesso de trabalho, talvez leve um pouco mais de tempo. Aguarde este prazo e ligue para a Linha de Registos (LR) para perguntar sobre seu processo de transcrição.

    Roberta, não tem forma mágica de agilizar o trabalho do IRN, infelizmente. Aguarde a conclusão, siga ligando a cada 15 dias para a LR para checar sobre a conclusão da transcrição.

    Abraços,

    Olá @CEGV!

    Meus documentos chegaram dia 27/03 em PD. Minha dúvida é se eles confirmam se os documentos estão certos assim que chega na conservatória ou só quando eles conseguem pegar para realizar a transcrição.
    Estou tentando ver quando eles sacaram o vale postal também mas no site dos Correios não dá certo.

    De qual forma, vou continuar ligando para LR até conseguirem me atender e ir acompanhando.

    Muito obrigada pelas informações!

    Relvis
  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @robertantuness disse:
    Olá @CEGV!
    Meus documentos chegaram dia 27/03 em PD. Minha dúvida é se eles confirmam se os documentos estão certos assim que chega na conservatória ou só quando eles conseguem pegar para realizar a transcrição.

    Só quando pegam para efetivamente analisar o requerimento. Caso existam exigências você é comunicada por carta, que demora um pouquinho para chegar.

    Estou tentando ver quando eles sacaram o vale postal também mas no site dos Correios não dá certo.

    mande e-mail com o número do vale para um destes e-mails, perguntando se o Vale já foi sacado.

    m.fernanda.borges@ctt.pt
    antonio.a.fernandes@ctt.pt
    informacao@ctt.pt

    De qual forma, vou continuar ligando para LR até conseguirem me atender e ir acompanhando.

    É isso aí...

    abraços e ótima sorte !

    Relvis
  • guilhermegbguilhermegb 62 PontosPosts: 24Member

    @CEGV disse:

    @guilhermegb disse:
    Eu deveria tentar mandar um email para rcentrais.retificacoes ou tentar fazer a transcrição primeiro? visto que na certidão de casamento de minha vo, consta a naturalidade minha bisavo.

    Se o erro foi do IRN, ou seja, você mandou documentos que falam uma coisa e no assento português foi colocado outra coisa, deve se comunicar com eles pelo e-mail que você mencionou. Se o erro estiver na documentação brasileira, deve retificar a(s) certidão aqui no brasil.

    Os documentos enviados para a nacionalidade dela não continham a naturalidade de sua mãe, daí deve ter surgido o erro, tentei mandar um email. Obrigado pela ajuda.

    CEGVRelvis
  • robertantunessrobertantuness 29 PontosPosts: 3Member

    @CEGV disse:

    @robertantuness disse:
    Olá @CEGV!
    Meus documentos chegaram dia 27/03 em PD. Minha dúvida é se eles confirmam se os documentos estão certos assim que chega na conservatória ou só quando eles conseguem pegar para realizar a transcrição.

    Só quando pegam para efetivamente analisar o requerimento. Caso existam exigências você é comunicada por carta, que demora um pouquinho para chegar.

    Estou tentando ver quando eles sacaram o vale postal também mas no site dos Correios não dá certo.

    mande e-mail com o número do vale para um destes e-mails, perguntando se o Vale já foi sacado.

    m.fernanda.borges@ctt.pt
    antonio.a.fernandes@ctt.pt
    informacao@ctt.pt

    De qual forma, vou continuar ligando para LR até conseguirem me atender e ir acompanhando.

    É isso aí...

    abraços e ótima sorte !

    Entendi o processo agora.
    Vou enviar um e-mail para esses contatos, então.

    Muito obrigada pela ajuda!!

    RelvisCEGV
  • RelvisRelvis 56 PontosPosts: 20Member

    Olá, boa tarde, meus documentos para Transcrição do casamento dos meus pais portugueses, foram recebidos hoje (dia 15/05/2019) na CRC de Ponta Delgada.
    Tenho 3 dúvidas que são:
    Existe uma previsão para a conclusão desse Processo?
    Como posso ter informações desse processo?
    Eles remetem o casamento transcrito de volta para o meu endereço no Brasil ou somente fica registro na Conservatória a transcrição e encerra-se ali mesmo?
    Desde já muito obrigado a todos.

  • CEGVCEGV 3475 PontosPosts: 2,687Moderator

    @Relvis, bem vindo

    @Relvis disse:
    Olá, boa tarde, meus documentos para Transcrição do casamento dos meus pais portugueses, foram recebidos hoje (dia 15/05/2019) na CRC de Ponta Delgada.
    Tenho 3 dúvidas que são:
    Existe uma previsão para a conclusão desse Processo?

    Existe a estimativa baseada em acompanhamento frequente de processos semelhantes enviados. Atualmente, após recebimento está acima de 30 dias. Eu esperaria 40 dias e depois ligaria para a Linha de Registos para ver se eles têm notícias do processo.

    Como posso ter informações desse processo?

    Ponta Delgada normalmente faz tudo e depois registra nos sistemas do IRN. Então a LR só vai saber do processo de transcrição ao final dele. Por isso minha sugestão de dar uns 30 a 45 dias antes de ligar. Se houver algum problema vocês serão avisados por ofício.

    Eles remetem o casamento transcrito de volta para o meu endereço no Brasil ou somente fica registro na Conservatória a transcrição e encerra-se ali mesmo?

    O Registro civil português é completamente informatizado e nacional. Qualquer conservatória terá acesso aos dados da transcrição.

    Abraços e boa sorte

    Relvis
  • RelvisRelvis 56 PontosPosts: 20Member

    @CEGV disse:
    @Relvis, bem vindo

    @Relvis disse:
    Olá, boa tarde, meus documentos para Transcrição do casamento dos meus pais portugueses, foram recebidos hoje (dia 15/05/2019) na CRC de Ponta Delgada.
    Tenho 3 dúvidas que são:
    Existe uma previsão para a conclusão desse Processo?

    Existe a estimativa baseada em acompanhamento frequente de processos semelhantes enviados. Atualmente, após recebimento está acima de 30 dias. Eu esperaria 40 dias e depois ligaria para a Linha de Registos para ver se eles têm notícias do processo.

    Como posso ter informações desse processo?

    Ponta Delgada normalmente faz tudo e depois registra nos sistemas do IRN. Então a LR só vai saber do processo de transcrição ao final dele. Por isso minha sugestão de dar uns 30 a 45 dias antes de ligar. Se houver algum problema vocês serão avisados por ofício.

    Eles remetem o casamento transcrito de volta para o meu endereço no Brasil ou somente fica registro na Conservatória a transcrição e encerra-se ali mesmo?

    O Registro civil português é completamente informatizado e nacional. Qualquer conservatória terá acesso aos dados da transcrição.

    Abraços e boa sorte

    Muito obrigado.

    CEGV
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.