Assembleia da República portuguesa volta a discutir as alterações e veto do Presidente às alterações da Lei da Nacionalidade em 02 de Outubro, às 10:00, horário de Portugal!!!
Para pagar seu emolumento de processo de Transcrição de casamento ou de obtenção de nacionalidade através de Vale Postal, clique neste link, para saber o valor correto a ser pago (valores atualizados diariamente)

Atribuição 1C - Filhos de Portugueses (Menor/Maior) - Documentos e para onde enviar

1910111214

Comentários

  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    @Stellantonieta disse:
    Bom dia a todos !!!
    Alguém pode me dar uma LUZ ?
    Vejo acima um caso de atribuição para Menor que foi dado entrada por Tondela finalizado muito rapidamente.
    A pergunta é ?
    Dando entrada para atribuição para filho Maior por Tondela, também finaliza rapidamente ?

    Bom dia !
    Resposta: Não. Esta é uma característica especial da CRC de Tondela no tratamento de processos de menores.

    E há diferença em caso de filhas Maiores, porém solteiras ?

    São maiores... sem diferença alguma.

    Abraços e ótimo Domingo.

  • StellantonietaStellantonieta Member 99 PontosPosts: 27

    @CEGV disse:
    Bom dia !
    Resposta: Não. Esta é uma característica especial da CRC de Tondela no tratamento de processos de menores.
    São maiores... sem diferença alguma.
    Abraços e ótimo Domingo.

    Boa tarde, e nesse momento, a melhor opção, em todos os sentidos, inclusive rapidez, qual é o melhor lugar para enviar a documentação para processo de Atribuição ?
    Sou grata por todas as informações aqui obtidas e em especial a você CEGV.

    Com muita vontade de abraçar muita gente.

    Forte abraço,

    Stella :smile:

  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120
    editado junho 1

    @Stellantonieta disse:
    Boa tarde, e nesse momento, a melhor opção, em todos os sentidos, inclusive rapidez, qual é o melhor lugar para enviar a documentação para processo de Atribuição ?

    Definitivamente ACP agora não é um bom local. Ouvi recentemente boas informações públicas sobre Tondela e Conde. Não obstante, como falo frequentemente, enviar processos para CRCs pequenas é sempre arriscado pois lotam de processos muito rapidamente quando começam a falar bem delas e corre-se o risco de ter o processo redirecionado para outras conservatórias e até mesmo para a CRCentrais. Mais ainda, CRCs pequenas só são boas para enviar processos que estejam sem problema algum pois informações sobre os métodos de análise documental de CRCs pequenas são pouco conhecidos ou, na melhor das hipóteses, guardados com carinho pelos profissionais da área.

    Pessoalmente não gosto de falar sobre o assunto "CRCs rápidas" pois já falei dezenas de vezes sobre este assunto e acho muito arriscado. Aqui no Portal nosso objetivo não é indicar potencial rapidez de conservatórias mas sim orientar sobre o preparo adequado dos processos, evitando sustos e atrasos desnecessários. Quem precisa de rapidez diferenciada deve investir na busca de bons profissionais, realmente especializados, para ajudar com seus processos e dar o devido tratamento para que sejam submetidos completamente sem erros em em lugares onde não são aceitos pedidos de nacionalidade pela via postal e com "pouco" movimento. Isso só é conseguido com muito esforço, contatos frequentes, conhecimento diferenciado (não só dos pré-requisitos documentais) para que o objetivo "rapidez" seja atendido da melhor forma possível. Ainda assim tratamos com repartições públicas onde, depois de submetidos os processos, existirá sempre o risco de, por motivos alheios, qualquer processo não ser concluído tão rápidamente como esperado. Ainda assim a agilidade média é diferenciada quando realmente bons profissionais são utilizados.

    Clique aqui para saber mais informações sobre "Conservatórias Rápidas"

    abraços e ótima sorte,

    Stellantonieta
  • vbmmavbmma Member 41 PontosPosts: 6

    Prezados, boa noite!

    Vou instruir os processos meu e de meus dois irmãos, já tendo toda a documentação pronta. Tenho apenas duas dúvidas muito específicas:

    1) É preciso apostilar (Haia) o reconhecimento de assinatura por AUTENTICIDADE feita no cartório brasileiro no formulário de bordas rosas, ou apenas o reconhecimento da assinatura já é suficiente?

    2) Vislumbrar-se-ia algum impedimento no envio dos três processos, separados por três envelopes lacrados, sem qualquer contato da documentação de um requerente com os demais, em apenas um frete? Didaticamente: tenho três envelopes lacrados com os documentos de três irmãos. Colocaria esses três envelopes lacrados em um envelope maior e o remeteria a Portugal, gastando, assim, apenas o valor de um frete para três requerimentos.

    Desde já grato a quem puder me ajudar! vbmma

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    @vbmma disse:
    Prezados, boa noite!

    Vou instruir os processos meu e de meus dois irmãos, já tendo toda a documentação pronta. Tenho apenas duas dúvidas muito específicas:

    1) É preciso apostilar (Haia) o reconhecimento de assinatura por AUTENTICIDADE feita no cartório brasileiro no formulário de bordas rosas, ou apenas o reconhecimento da assinatura já é suficiente?

    Apostilamento de Haia e sobre a legalidade do documento nos países signatários e não sobre reconhecimento de assinaturas.

    2) Vislumbrar-se-ia algum impedimento no envio dos três processos, separados por três envelopes lacrados, sem qualquer contato da documentação de um requerente com os demais, em apenas um frete? Didaticamente: tenho três envelopes lacrados com os documentos de três irmãos. Colocaria esses três envelopes lacrados em um envelope maior e o remeteria a Portugal, gastando, assim, apenas o valor de um frete para três requerimentos.

    Isso. Pode fazer assim. Mas note que Cada processo/envelope será tratado de forma completamente autônoma pelos serviços registrais.

    Desde já grato a quem puder me ajudar! vbmma

    @vbmma, os documentos e como devem ser preparados estão relacionados na primeira publicação, página 1 deste mesmo tópico. E sempre que ocorrem mudanças atualizamos lá mesmo. Isto evita que republiquemos sempre as mesmas informações e, caso mudem, que levem outros a erros.

    Dê uma olhada na nossa publicação inicial e se ainda existirem dúvidas, pode me procurar privativamente pelo link abaixo

    Enviar mensagem privativa para CEGV

  • vbmmavbmma Member 41 PontosPosts: 6

    @CEGV disse:

    @vbmma disse:
    Prezados, boa noite!

    Vou instruir os processos meu e de meus dois irmãos, já tendo toda a documentação pronta. Tenho apenas duas dúvidas muito específicas:

    1) É preciso apostilar (Haia) o reconhecimento de assinatura por AUTENTICIDADE feita no cartório brasileiro no formulário de bordas rosas, ou apenas o reconhecimento da assinatura já é suficiente?

    Apostilamento de Haia e sobre a legalidade do documento nos países signatários e não sobre reconhecimento de assinaturas.

    2) Vislumbrar-se-ia algum impedimento no envio dos três processos, separados por três envelopes lacrados, sem qualquer contato da documentação de um requerente com os demais, em apenas um frete? Didaticamente: tenho três envelopes lacrados com os documentos de três irmãos. Colocaria esses três envelopes lacrados em um envelope maior e o remeteria a Portugal, gastando, assim, apenas o valor de um frete para três requerimentos.

    Isso. Pode fazer assim. Mas note que Cada processo/envelope será tratado de forma completamente autônoma pelos serviços registrais.

    Desde já grato a quem puder me ajudar! vbmma

    @vbmma, os documentos e como devem ser preparados estão relacionados na primeira publicação, página 1 deste mesmo tópico. E sempre que ocorrem mudanças atualizamos lá mesmo. Isto evita que republiquemos sempre as mesmas informações e, caso mudem, que levem outros a erros.

    Dê uma olhada na nossa publicação inicial e se ainda existirem dúvidas, pode me procurar privativamente pelo link abaixo

    Enviar mensagem privativa para CEGV

    Olá, @CEGV ,

    Obrigado pela resposta. Segui exatamente as instruções sobre os documentos.

    Fiquei realmente em dúvida na questão da apostila, vez que certidões e cópia de passaporte devem necessariamente ser apostiladas. Mas ficou esclarecido.

    Grande abraço!

    Stellantonieta
  • RobertaMacedoRobertaMacedo Member 27 PontosPosts: 2

    Queria uma ajuda, minha cidadania saiu é quero tirar a dos meus filhos , mas será que tenho que transcrever o casamento?tenho 3 filho , sendo que 1 deles o pai biológico registrou mas não casei com ele, só que depois eu casei e o meu filho ja tinha 4 anos , e o meu marido quis registrar ele , reconhecer como filho, e com esse marido eu tive duas meninas .Já me divorciei ,como faço pois fui no consulado mas elas querem que eu contrate um advogado pra fazer o divorcio. Alguma luz para esse caso?

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    @RobertaMacedo, bem vinda.

    @RobertaMacedo disse:
    Queria uma ajuda, minha cidadania saiu é quero tirar a dos meus filhos , mas será que tenho que transcrever o casamento?tenho 3 filhos , sendo que 1 deles o pai biológico registrou mas não casei com ele, só que depois eu casei e o meu filho ja tinha 4 anos , e o meu marido quis registrar ele , reconhecer como filho, e com esse marido eu tive duas meninas. Já me divorciei ,como faço pois fui no consulado mas elas querem que eu contrate um advogado pra fazer o divorcio. Alguma luz para esse caso?

    Roberta, vamos lá.

    Primeiro filho:
    Se ele nasceu depois de 1978 a perfilhação é assumida. Então, como você não casou e se ele nasceu após 1978, não há necessidade de provar nada. Basta enviar o processo dele seguindo nosso guia da página 1 deste mesmo tópico.

    Outros Filhos, fruto do seu casamento
    Não há necessidade de realizar o divórcio em Portugal. Se já fez a transcrição do seu casamento, ótimo. E não há obrigatoriedade em fazer o divórcio antes do pedido de atribuição de seus filhos. Se o pai foi o declarante do nascimento deles será sempre melhor realizar a transcrição do casamento de vocês antes. No caso do seu primeiro filho, não há essa questão pois vocês não eram casados.

    Note que os requerimentos dos filhos, caso menores de idade, têm que ser assinados por ambos os pais (com firma reconhecida por autenticidade).

    Consulados são extremamente burocráticos e exigem mais documentos e pré-requisitos que as conservatórias portuguesas. Se precisar de ajuda e se quiser resolver rapidamente a questão de seus filhos e casamento, pode me contatar pelo link abaixo.

    Boa sorte, saúde e aproveite nosso Portal,

    Enviar mensagem privativa para CEGV

  • RobertaMacedoRobertaMacedo Member 27 PontosPosts: 2

    @CEGV obrigada, eu fiquei com dúvida do primeiro filho.O pai biológico dele eu não casei mas ele registrou , porém quando eu casei o meu marido em 94 ele assumiu o José e também registrou ele , logo a segunda certidão anulou a primeira. Ele nasceu em 90 e eu casei em 94.
    Provavelmente na certidão irá vir o nome do segundo pai, ai será necessário a transcrição , porém se vier o nome do pai biológico não haverá necessidade de transcrição pois não houve casamento. Mas no caso das minhas filhas vou ter que fazer a transcrição pois ele foi o declarante.
    Eu posso enviar pra Tondela todos os processo?

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    @RobertaMacedo disse:
    @CEGV obrigada, eu fiquei com dúvida do primeiro filho.O pai biológico dele eu não casei mas ele registrou , porém quando eu casei o meu marido em 94 ele assumiu o José e também registrou ele , logo a segunda certidão anulou a primeira. Ele nasceu em 90 e eu casei em 94.
    Provavelmente na certidão irá vir o nome do segundo pai, ai será necessário a transcrição , porém se vier o nome do pai biológico não haverá necessidade de transcrição pois não houve casamento. Mas no caso das minhas filhas vou ter que fazer a transcrição pois ele foi o declarante.
    Eu posso enviar pra Tondela todos os processo?

    Tondela faz atribuição e transcrição. Mas só não pode mandar tudo junto. Veja nosso tópico guia na página 1 deste tópico para maiores orientações e, se necessário me envie mensagem pelo link abaixo.

    Enviar mensagem privativa para CEGV

    abraços,

  • hiroyhiroy Member 110 PontosPosts: 19

    Boa tarde.
    Qual outra conservatória além da ACP aceita processos de atribuição de filhos sem que o casamento dos pais esteja transcrito, onde o pai português foi o declarante do nascimento?
    Obrigado

  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120
    editado junho 14

    @hiroy disse:
    Boa tarde.
    Qual outra conservatória além da ACP aceita processos de atribuição de filhos sem que o casamento dos pais esteja transcrito, onde o pai português foi o declarante do nascimento?
    Obrigado

    Que seja balcão de nacionalidade e receba pedidos por via postal, só vi registros públicos do ACP.

    Existem outras mas ninguém que lida com estas divulga publicamente, por razões óbvias. Ninguém que usa conservatórias pequenas e rápidas contará sobre elas publicamente pois é garantido que, poucas semanas após divulgação, elas ficarão atoladas de processos. Já vi essa história diversas vezes ao longo dos últimos anos.

    Se quiser bater um papo, use o link abaixo.

    abraços,

    Enviar mensagem privativa para CEGV

  • ccalixtoccalixto Member 82 PontosPosts: 13

    Bom dia!!!
    Vou enviar a minha documentação para Tondela essa semana e estou com uma dúvida. A impressão do assento de nascimento emitido pelo Civil Online é válida como cópia simples do assento de nascimento do progenitor português? Se sim, tenho que enviar também o código para validação que eu recebi junto ao pedido do assento?

    Obrigada!!!

    CEGV
  • leomatrasleomatras Member 22 PontosPosts: 2

    Boa tarde.
    Estou com dúvida quanto aos documentos, ficarei muito grato se puderem me ajudar.
    Quais destes documentos devem ter o reconhecimento da assinatura do tabelião que assinar a certidão? Para o processo de atribuição de nacionalidade para filho maior de idade.
    Muito obrigado!

    CEGV
  • cecelopbcecelopb Member 113 PontosPosts: 32

    @cecelopb disse:
    Processo de menor enviado pra Tondela:

    5/5- Enviado

    11/5- Recebido em Tondela

    20/5- Email informando a chave de acesso. Status 1 recebido.

    21/5- Status 6 - Despacho

    Andando bem rápido.

    Processo de menor enviado pra Tondela:

    5/5- Enviado

    11/5- Recebido em Tondela

    20/5- Email informando a chave de acesso. Status 1 recebido.

    21/5- Status 6 - Despacho

    16/6- Finalizado - Registro Criado

  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    @ccalixto disse:
    Bom dia!!!
    ... A impressão do assento de nascimento emitido pelo Civil Online é válida como cópia simples do assento de nascimento do progenitor português?

    Sim

    Se sim, tenho que enviar também o código para validação que eu recebi junto ao pedido do assento?

    não

    Abraços,

  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    @leomatras disse:
    Boa tarde.
    Estou com dúvida quanto aos documentos, ficarei muito grato se puderem me ajudar.
    Quais destes documentos devem ter o reconhecimento da assinatura do tabelião que assinar a certidão? Para o processo de atribuição de nacionalidade para filho maior de idade.

    Veja a relação de documentos na página 1 deste mesmo tópico.
    A obrigatoriedade é da apostila. Existem formas e métodos diferentes de cartórios de Registros civis emitirem certidões. Algumas demandam assinatura e outras não. O importante é a apostila.

    leomatras
  • EsperançaEsperança Member 78 PontosPosts: 27

    Boa Tarde! Pretendo finalmente dar entrada na minha atribuição. Na minha documentação Meu pai foi o declarante, meu nome e os nomes de meu pais e avós estão corretos, data de nascimento correta, certidão de nascimento de por cópia reprográfica autenticada e apostilada, casamento de meus pais transcrito em Portugal. A UNICA COISA DIFERENTE é o nome de minha vó materna no assento de casamento de meus pais, pois na época ela ainda não havia casado com meu avô, tendo ocorrido isso somente mais tarde um pouco e antes do meu nascimento, quando então ela (avó) mudou o nome e está como consta em minha certidão. Isso configura algum problema @CEGV? Gratidão!

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    @Esperança disse:
    Boa Tarde! Pretendo finalmente dar entrada na minha atribuição. Na minha documentação Meu pai foi o declarante, meu nome e os nomes de meu pais e avós estão corretos, data de nascimento correta, certidão de nascimento de por cópia reprográfica autenticada e apostilada, casamento de meus pais transcrito em Portugal. A UNICA COISA DIFERENTE é o nome de minha vó materna no assento de casamento de meus pais, pois na época ela ainda não havia casado com meu avô, tendo ocorrido isso somente mais tarde um pouco e antes do meu nascimento, quando então ela (avó) mudou o nome e está como consta em minha certidão. Isso configura algum problema @CEGV? Gratidão!

    Sim, configura, mas pode eventualmente ser tratado de diferentes maneiras.
    Precisando me procure através do link abaixo e conversamos.

    Enviar mensagem privativa para CEGV

    Abraços,

    Esperança
  • FabricioFabricio Member 25 PontosPosts: 5

    Boa tarde!
    Estou concluindo a documentação para atribuição de meu filho (3 anos), cuja mãe já possui cidadania portuguesa, porém essa informação sobre RECONHECIMENTO DE ASSINATURA do Consulado do RJ entra em conflito com o que li aqui:

    "Os que não puderem aguardar, podem reconhecer a sua assinatura por "autenticidade" nos Cartórios locais, solicitar que a mesma seja apostilhada ("Apostilha de Haia" - no Cartório também). Este reconhecimento de assinatura apostilhado, terá o mesmo valor do reconhecimento feito no Consulado, seja em formulários de pedido de nacionalidade ou em qualquer outro documento que desejem reconhecer a assinatura."
    Com base nisso:

    • Devo apostilar o Formulário 1C? Haverá problemas caso opte por apostilá-lo?
    • No caso, enviaremos nossos Passaportes brasileiros como documentos de identificação dos representantes legais (embora não tenha visto a exigência desses documento em nenhum site oficial, apenas nos fóruns), devo também apostilá-los?
      Outras dúvidas que agradeço se puderem ajudar:

    • Posso enviar apenas as cópias simples do Assentamento de Nascimento da progenitora (emitida em 2017 pelo Consulado) e do Assentamento de Casamento (emitida em 2019 pelo consulado) ou devo emitir novas vias online?

    • Quanto ao Quadro 3 do Formulário, tenho visto informações divergentes a respeito de preenche-lo ou não quando é o caso de assinado pelos pais do menor. Em minha opinião as instruções do formulário indicam que deve ser preenchidos como representantes legais. Há problema em preenchê-lo?

    Agradeço desde já a ajuda!

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120
    editado junho 24

    @Fabricio, bem vindo

    @Fabricio disse:
    Boa tarde!
    Estou concluindo a documentação para atribuição de meu filho (3 anos), cuja mãe já possui cidadania portuguesa, porém essa informação sobre RECONHECIMENTO DE ASSINATURA do Consulado do RJ entra em conflito com o que li aqui:

    "Os que não puderem aguardar, podem reconhecer a sua assinatura por "autenticidade" nos Cartórios locais, solicitar que a mesma seja apostilhada ("Apostilha de Haia" - no Cartório também). Este reconhecimento de assinatura apostilhado, terá o mesmo valor do reconhecimento feito no Consulado, seja em formulários de pedido de nacionalidade ou em qualquer outro documento que desejem reconhecer a assinatura."
    Com base nisso:

    • Devo apostilar o Formulário 1C?

    não. Formulário 1C não precisa NUNCA ser apostilado.

    Haverá problemas caso opte por apostilá-lo?

    Só perda de dinheiro.

    • No caso, enviaremos nossos Passaportes brasileiros como documentos de identificação dos representantes legais (embora não tenha visto a exigência desses documento em nenhum site oficial, apenas nos fóruns), devo também apostilá-los?

    Sim. Documentos de identidade dos pais devem ser por cópia autenticada e apostilada
    No caso do passaporte, são as duas páginas contíguas, de identificação. Os cartórios autenticam e cobram apenas 1 autenticação e apostila nesse caso.

    Outras dúvidas que agradeço se puderem ajudar:

    • Posso enviar apenas as cópias simples do Assentamento de Nascimento da progenitora (emitida em 2017 pelo Consulado) e do Assentamento de Casamento (emitida em 2019 pelo consulado) ou devo emitir novas vias online?

    Assentos de nascimento e casamento português são cópias simples no caso de registro informatizado que, creio, é seu caso.

    • Quanto ao Quadro 3 do Formulário, tenho visto informações divergentes a respeito de preenche-lo ou não quando é o caso de assinado pelos pais do menor. Em minha opinião as instruções do formulário indicam que deve ser preenchidos como representantes legais. Há problema em preenchê-lo?

    Não há necessidade de preenchimento pois os pais já assinam no fim do requerimento e têm suas firmas (assinaturas) reconhecidas por AUTENTICIDADE.

    Abraços, saúde, boa sorte e aproveite nosso Portal,

    Fabricio
  • MartaCombsMartaCombs Member 38 PontosPosts: 3

    No site do IRN existem 2 métodos diferentes:

    https://www.irn.mj.pt/IRN/sections/irn/a_registral/registos-centrais/docs-da-nacionalidade/atribuicao/atribuicao-nac-a1n1c/

    Como pode ser obtida?

    Neste caso, a atribuição da nacionalidade portuguesa pode ser obtida:

    1. Por inscrição do nascimento no registo civil português;

    2. Por declaração para atribuição da nacionalidade.

    Lá também diz que ambos procedimentos podem ser feitos por maiores de idade.

    Parece que a grande maioria dos requerentes só faz pelo primeiro método no caso de menores.

    A simples inscrição do nascimento no registoro civil não seria mais simples que o método por declaração?

    Também fiquei confusa quanto aos custos. Lá apenas aponta para uma tabela que não é muito clara em diferenciar os dois métodos.

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120
    editado junho 28

    @MartaCombs disse:
    No site do IRN existem 2 métodos diferentes:
    https://www.irn.mj.pt/IRN/sections/irn/a_registral/registos-centrais/docs-da-nacionalidade/atribuicao/atribuicao-nac-a1n1c/

    Como pode ser obtida?
    Neste caso, a atribuição da nacionalidade portuguesa pode ser obtida:
    1. Por inscrição do nascimento no registo civil português;
    2. Por declaração para atribuição da nacionalidade.

    Lá também diz que ambos procedimentos podem ser feitos por maiores de idade.
    Parece que a grande maioria dos requerentes só faz pelo primeiro método no caso de menores.

    O primeiro método, só pessoalmente ou usando advogado / solicitador inscrito na respectiva Ordem Portuguesa.

    O segundo método é o formulário que todos estamos acostumados e pode ser realizado pela via postal.

    A simples inscrição do nascimento no registoro civil não seria mais simples que o método por declaração?

    Sim mas você tem que estar em Portugal ou contratar serviços legais especializados. E não são todas as CRCs que aceitam desta forma. ACP, por exemplo, não aceita processos por inscrição, apenas por declaração. No mais, dependendo da CRC o tempo de tramitação das duas formas não se modifica. Isso varia muito de Conservador para Conservador.

    Existem outros benefícios de fazer de uma forma ou de outra mas é algo que nós, especialistas, e operadores do direito especializados indicamos de acordo com análise documental prévia.

    Também fiquei confusa quanto aos custos. Lá apenas aponta para uma tabela que não é muito clara em diferenciar os dois métodos.

    Os custos são exatamente os mesmos. € 175 para maiores.
    abraços,

    MartaCombs
  • afbelchiorafbelchior Member 239 PontosPosts: 45

    Os processo de menores estão andando bem rápido mesmo por Tondela.
    Enviei a transcrição de meu casamento juntamente com a atribuição de meus dois filhos menores para lá.
    18/05 - docs recebidos
    04/06 - e-mail com a chave de acesso - status recebido (bolinha 1)
    17/06 - despacho
    30/06 - registro criado

    Acabei de retirar o assento dos meus filhos pelo Civil Online e estou com uma dúvida. No fim da certidão, após o número do assento e antes dos averbamentos tem a seguinte informação.

    Assento de Nascimento 44XXX/2020, Conservatória dos Registos Centrais Lisboa

    Cota : Atribuição do Número de Identificação Civil: 32XXXXXX - 2020-06-29

    O que seria essa atribuição de número de identificação civil?

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    @afbelchior disse:
    O que seria essa atribuição de número de identificação civil?

    Assim como aqui no Brasil, aos nascidos, já é gerado o número do CPF, em Portugal, já está sendo gerado o número de identificação civil (para a vida toda), que é o equivalente ao nosso RG ou Identidade. Só que lá em Portugal o número é único e não dá para você obter um em cada estado como ocorre (ainda) no Brasil.

    abraços,

  • PaesPaes Member 91 PontosPosts: 12

    |Uma ajuda, gostaria de um esclarecimento, se possível.
    Li na primeira página que para processos de MENOR é necessário :
    1) Certidão de nascimento do interessado, por cópia reprográfica + apostilamento

    2) A respeito do RG/passaporte que contenha filiação:

    2.1) Menor de 14 anos:

    RG autenticado de ambos os pais (NÃO é necessário apostilar). <----
    .
    Porém li nos comentários posteriores que, há a necessidade de apostilar o RG dos pais também.
    Posso ter interpretado errado. Em processo para Menor é necessário além da certidão; Apostilar o RG dos pais ?
    .
    Grato
    .

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    @Paes disse:
    |Uma ajuda, gostaria de um esclarecimento, se possível.
    Li na primeira página que para processos de MENOR é necessário :
    1) Certidão de nascimento do interessado, por cópia reprográfica + apostilamento
    2) A respeito do RG/passaporte que contenha filiação:
    2.1) Menor de 14 anos:
    RG autenticado de ambos os pais (NÃO é necessário apostilar). <----
    Porém li nos comentários posteriores que, há a necessidade de apostilar o RG dos pais também.

    siga as orientações do guia.. mantemos atualizadas.

    Posso ter interpretado errado. Em processo para Menor é necessário além da certidão; Apostilar o RG dos pais ?

    É como disse... siga as orientações do nosso guia. Se atualmente está lá desta forma, é como pode ser enviado. Apostilar documentos, além do gasto financeiro, se vai te fazer ficar mais tranquilo, não gerará qualquer risco. Então, se te trará tranquilidade, apostile.

    abraços,

  • ccalixtoccalixto Member 82 PontosPosts: 13

    Boa tarde a todos!
    Enviei a minha documentação para Tondela no dia 16/06 via carta registrada e me deram o prazo de 14 dias úteis para chegar. Porém o rastreamento é feito apenas até o documento sair do Brasil e no momento do envio me informaram que também apareceria a informação de entrega do documento e como isso ainda não aconteceu entrei em contato com os Correios hoje e me informaram que a confirmação de entrega não aparece no rastreamento.
    Alguém saberia me dizer como eu posso confirmar o recebimento do documento por Tondela?

    Desde já agradeço.

  • RodsamaralRodsamaral Member 419 PontosPosts: 120

    Minha irma caiu em exigencia na ACP ,pois o nome no documento e de casada,foi pedido copia de certidao de casamento autenticada ,nao li em nenhum lugar isso ,a copia tem que ser de inteiro teor e apostilada ou simples e autenticada?Grato

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120
    editado julho 15

    @Rodsamaral disse:
    Minha irma caiu em exigencia na ACP ,pois o nome no documento e de casada,foi pedido copia de certidao de casamento autenticada ,nao li em nenhum lugar isso ,a copia tem que ser de inteiro teor e apostilada ou simples e autenticada?Grato

    Rodrigo, dê uma olhada no nosso guia. Este procedimento está lá, mencionado, e em diversos outras publicações aqui no Portal. Certidão de casamento, sempre em Inteiro Teor Narrativa (digitada) e Apostilada. Se o documento de identidade apresentado pela requerente tem um nome diferente do nome que consta na certidão de nascimento, deve-se enviar certidão de casamento demonstrando que a pessoa na identidade é a mesma da certidão de nascimento, não importando que a certidão de nascimento tenha o averbamento do casamento. Averbamentos nestes casos não são levados em consideração.

    Veja o que está lá:


    Notas

    PARA MULHERES: se foi inserido o nome de casada, constando no documento de identificação (conforme item 2 abaixo) o nome de casada, ou, se mesmo que conste a volta do nome de solteira, no documento de identificação, dado ao divórcio, é necessário também enviar o seguinte documento:

    1.1) Certidão de casamento por inteiro teor + apostilamento - afim de constar a mudança de nome.

    Para isso, na menção "Outros documentos, indicar quais:" que consta no Quadro 4 do Formulário 1C, completar com a seguinte informação:

    Certidão de casamento - Mudança de apelido


    abraços e sucesso,

  • marcelocoelhopmarcelocoelhop Member 139 PontosPosts: 37

    Pessoal, tenho uma duvida simples, mas prefiro perguntar pra evitar dor de cabeça: estamos querendo enviar o processo do meu irmão agora. A certidão de nascimento que ele tirou, é de Set/2019, ou seja, ja tem quase um ano desde que foi emitida. Seria melhor ele tirar uma nova, pra nao correr o risco de cair em exigencia? Pergunto porque, mesmo que enviemos o processo antes de Set/2020, corre o risco do processo so ser de fato analisado bem depois de setembro, ne? Tenho medo de implicarem com isso... Ou o que vale é a data em que o processo é recepcionado na conservatoria?

    So mais uma duvida: na minha epoca, reconheci minha assinatura do formulario 1C no consulado do Rio, mas devido a Pandemia, isso nao esta sendo mais feito. Esse reconhecimento pode ser feito normalmente num cartório, certo? Mas ai precisaria apostilar o formulario 1C ou apenas fazer o reconhecimento da assinatura?

    Muito obrigado, mais uma vez, pessoal!

    CEGV
  • MMacMMac Member 517 PontosPosts: 196

    @marcelocoelhop disse:

    So mais uma duvida: na minha epoca, reconheci minha assinatura do formulario 1C no consulado do Rio, mas devido a Pandemia, isso nao esta sendo mais feito. Esse reconhecimento pode ser feito normalmente num cartório, certo? Mas ai precisaria apostilar o formulario 1C ou apenas fazer o reconhecimento da assinatura?

    Muito obrigado, mais uma vez, pessoal!

    A assinatura pode ser reconhecida em cartório, mas de forma presencial. O formulário não precisa ser apostilado.

  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120
    editado julho 21

    @marcelocoelhop disse:
    Pessoal, tenho uma duvida simples, mas prefiro perguntar pra evitar dor de cabeça: estamos querendo enviar o processo do meu irmão agora. A certidão de nascimento que ele tirou, é de Set/2019, ou seja, ja tem quase um ano desde que foi emitida. Seria melhor ele tirar uma nova, pra nao correr o risco de cair em exigencia?

    Não há problemas nisso e não se "cai em exigência" por isso. Pode-se "cair em exigência" se surgirem dúvidas em relação a algo na documentação. Se uma pessoa é muito velha e envia uma certidão antiga pode-se ter dúvidas se a pessoa ainda está viva e foi enviada uma certidão antiga que não exiba o averbamento do falecimento. Em uma certidão de casamento pode-se ter dúvidas se o casamento foi desfeito desde que a certidão foi emitida. São por estes tipos de situações que novas certidões são solicitadas. Não porque "venceram". O problema é que os "entendidos" e funcionários relaxados são preguiçosos e evitam explicar direito e é mais fácil falar que certidões expiram.

    Pergunto porque, mesmo que enviemos o processo antes de Set/2020, corre o risco do processo so ser de fato analisado bem depois de setembro, ne? Tenho medo de implicarem com isso... Ou o que vale é a data em que o processo é recepcionado na conservatoria?

    Vale a data que o processo chega na conservatória para efeitos de documentos que têm data de validade mas o único caso que me lembro agora é dos atestados criminais emitidos pela Polícia Federal, que têm validade de 3 meses.

    So mais uma duvida: na minha epoca, reconheci minha assinatura do formulario 1C no consulado do Rio, mas devido a Pandemia, isso nao esta sendo mais feito. Esse reconhecimento pode ser feito normalmente num cartório, certo?

    Sim. Só se certifique, como o Mac já mencionou, de assinar e datar em um cartório, PRESENCIALMENTE, solicitando que a firma seja reconhecida por AUTENTICIDADE. Verifique direitinho o selo ou carimbo para verificar se não colocaram por engano o selo de autenticação por semelhança.

    Mas ai precisaria apostilar o formulario 1C ou apenas fazer o reconhecimento da assinatura?

    Formulários de cidadania NÃO se apostilam.

    Muito obrigado, mais uma vez, pessoal!

    Abraços e ótima sorte,

  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120
    editado julho 24

    (24-jul-2020) Atualização:
    Uma colega nossa relatou seu caso de obtenção, sozinha, de sua cidadania portuguesa com grande celeridade. Fiz os comentários abaixo e hoje, 24-jul, ela me solicitou que excluísse sua publicação, o que já foi feito. Não obstante, acho conveniente manter meus comentários originais pois investimos tempo respondendo praticamente cada uma das perguntas de nossos usuários. Nossa função aqui é ajudar a todos que nos procuram e, obviamente, apresentar quando aplicável nossas considerações, baseadas em nossa experiência, de já alguns anos, lidando diariamente, 7 dias por semana, com processos de nacionalidade e processos relacionados. Nenhum de nós é dono da verdade mas o trabalho que fazemos aqui no Portal dá e já deu resultado positivo a centenas senão milhares de requerentes que, semanalmente, nos enviam mensagens privativas, contando suas histórias de sucesso. Alguns nem mesmo publicam qualquer coisa em nossos tópicos mas, de forma discreta, nos enviam mensagens de agradecimento ao final de seus processos. Isto para nós, aqui do Portal, é suficiente para demonstrar que estamos no caminho certo.

    Seguem abaixo nossos parabéns pela conquista e comentários originais.


    [Removido], nossos maiores parabéns pela sua conquista ! Ficamos extremamente felizes por você e sua família.

    Após ler este caso belíssimo de celeridade, fiquei uns minutos pensando em todos os casos que já passaram pelos meus olhos e, direta ou indiretamente, contribuí com alguma informação ou orientação necessária. Poxa.. acho que já devem ter sido provavelmente, ao longo dos últimos anos, mais de uns 6 mil casos pelo menos. E, francamente, é o caso mais rápido de obtenção de nacionalidade que já vi. Não sei se você apenas "apareceu" na conservatória ou se marcou com alguma antecedência para poder conversar com a conservadora e explicar seu caso mas, independente, foi agraciada com o maior dos prêmios. A consideração e atenção focada de uma conservadora do IRN que, dentro das suas prerrogativas, fez o que não vemos em canto nenhum ocorrer, mesmo com súplicas, sorrisos, posturas simpáticas, documentos e pedidos de urgência. Infelizmente gostaríamos que casos como o seu fossem a regra mas, infelizmente, são exceções.

    Quem ainda não viu o comunicado publicado no site de consultas do IRN, informando que processos poderão levar até 29 meses ? provavelmente poucos.

    No começo do ano colaborei com um colega daqui do Portal cuja mãe estava praticamente em leito de morte e, apesar de súplicas, documentos, provas de vida e outros pedidos, a nacionalidade dela levou algumas semanas para ser "regularmente" tramitada em determinada conservatória. Ela obteve a nacionalidade e três dias depois faleceu. Parecia que tinha usado de todas suas forças para aguardar tão esperada concretização, importante para seus descendentes.

    Assim como estes, temos centenas ou até milhares de outros exemplos que, apesar de apelos e reais necessidades, os processos seguem avolumando e aguardando decisão ou, mais comumente hoje em dia, a criação de assentos. Não conseguimos entender como um procedimento simples de registro em sistema (a criação do assento), que normalmente ocorria de um dia para o outro, atualmente pode até levar 6 a 8 meses. E, definitivamente, é um procedimento que, operacionalmente, não deve levar nem 10 minutos. Então porque levar até 6 a 8 meses ??? Ninguém explica e a única explicação plausível é a da "política interna".

    Digo constantemente: Quem tem tempo e disponibilidade, não tem planos de curto e médio prazos deve tentar, se achar conveniente, fazer seu(s) processos sozinho. Recebo semanalmente diversas mensagens privativas agradecendo o trabalho que fazemos aqui no Portal e as boas informações e orientações que fornecemos. São agradecimentos sinceros daqueles que vieram aqui, leram com atenção nossos guias, pediram e receberam nossas orientações e sugestões, acreditaram em nossas palavras, seguiram em frente e conquistaram seus sonhos. Para aqueles que não podem perder tempo, contar com ajuda especializada, profissional e por vezes legal, pode definitivamente ajudar a abreviar este tempo. Temos que entender que exceções existem mas são excepcionais e este foi o caso relatado acima.

    Já passei pelo aperto, importante ressaltar, de ser super bem atendido, com um grande sorriso, por uma oficial dos Registos, explicar a situação de necessidade de um requerente, ter recebido a promessa de "celeridade" e o processo ter levado 3 vezes mais tempo do que esperado. Uma baita "rasteira", não é verdade ? Então... também acontece...

    Sugiro constantemente aos que não têm tempo hábil para se organizar, pesquisar, entender e preparar seus próprios processos, que leiam um artigo que escrevi a bastante tempo, que segue no topo de todas as páginas do Portal, o da mentoria em processos. Em resumo, digo para que interessados avaliem com cuidado e sinceridade, baseado nas suas próprias habilidades e competências, se têm tudo o que é necessário para preparar e submeter seus processos. Caso cheguem a conclusão que precisam de ajuda, basta nos procurar. Sigo sendo um grande incentivador do "faça você mesmo" mas, mais importante que fazer sozinho, é fazer de forma correta e com segurança suficiente para que lá na frente o processo não seja suspenso por "n" motivos. Algumas vezes um bate-papo comigo resolve a maior parte das dúvidas e diferentemente de "escritórios", não cobramos nada pelas consultas que damos quando são os próprios requerentes que nos procuram. Outras vezes, mesmo desenhando e explicando detalhadamente, alguns requerentes não conseguem fazer tudo direito, não dá certo e somos, posteriormente, chamados a socorrer colegas com processos que, na verdade, não tinham condições de ser (ainda) enviados. Por isso a auto-avaliação das capacidades de cada um é fundamental. Se meu carro quebra e não sei muito sobre mecânica, será que se começar a mexer no motor vou conseguir resolver ? O mais provável é que não resolva e ainda correrei o risco de, talvez, piorar a situação e gastar posteriormente em dois consertos ao invés de apenas um. Enfim... aqui damos as orientações e ferramental e ainda orientamos GRATUITAMENTE a quem nos procura, tentando avaliar necessidade e expectativas de cada um, de cada família, quando nos procuram.

    Mais uma vez, parabéns pela conquista. Ficamos todos felizes com seu sucesso !
    Grande abraço,
    CEGV

    marcelo_12meses
  • gisekegiseke Member 17 PontosPosts: 1

    Bom dia!! Parabéns, tirei muita dúvidas aqui.
    Restou uma dúvida: minha mãe conseguiu sua cidadania portuguesa recentemente, constando seu nome de solteira. Ocorre que no meu registro de nascimento consta o seu nome de casada. Na época era casada com meu pai. Preciso fazer a transcrição do casamento e divórcio da minha mãe antes de entrar com meu pedido?

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    @giseke, bem vinda\

    @giseke disse:
    Bom dia!! Parabéns, tirei muita dúvidas aqui.
    Restou uma dúvida: minha mãe conseguiu sua cidadania portuguesa recentemente, constando seu nome de solteira. Ocorre que no meu registro de nascimento consta o seu nome de casada. Na época era casada com meu pai. Preciso fazer a transcrição do casamento e divórcio da minha mãe antes de entrar com meu pedido?

    Precisa, por enquanto, transcrever o casamento, para que você possa requerer a sua nacionalidade.

    abraços e ótima sorte,

  • filipeaguiarrfilipeaguiarr Member 32 PontosPosts: 3

    @CEGV por gentileza uma dúvida no meu caso minha mãe acaba de receber a nacionalidade e transcrevi o casamento dela com meu pai; Agora batem os nomes com o da minha certidão de nascimento. Enviando apenas o assento de nascimento da minha mãe que possui o averbamento do casamento no verso( inclusive mostra o assento de casamento) é suficiente ? Vi que algumas pessoas entregam o o Assento de casamento, porém nao recebemos ele apenas o assento de nascimento com a averbação do mesmo;

    Abraço

    CEGV
  • mmtacchimmtacchi Member 241 PontosPosts: 71

    Bom dia

    Preciso de uma informação, para fazer a transcrição de casamento pelo consulado de SP, os documentos seriam:

    • Certidão de casamento em INTEIRO TEOR, original. digitada e emitida há menos de 1 ano e devidamente apostilada.

    • Certidão de nascimento do nubente que NÃO possui a nacionalidade portuguesa, original (NÃO DIZ SE É INTEIRO TEOR DIGITADA OU FOTOGRÁFICA?) e emitida há menos de 1 ano e devidamente apostilada.

    • Requerimento preenchido, devidamente assinado (NÃO DIZ SE PRECISA RECONHECER FIRMA?) e apostilado.

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    @filipeaguiarr disse:
    @CEGV por gentileza uma dúvida no meu caso minha mãe acaba de receber a nacionalidade e transcrevi o casamento dela com meu pai; Agora batem os nomes com o da minha certidão de nascimento. Enviando apenas o assento de nascimento da minha mãe que possui o averbamento do casamento no verso( inclusive mostra o assento de casamento) é suficiente ?

    Sim, é suficiente pois os serviços portugueses têm acesso a todos os atos, ou seja, têm acesso ao nascimento e casamento de sua mãe.

    Vi que algumas pessoas entregam o o Assento de casamento, porém nao recebemos ele apenas o assento de nascimento com a averbação do mesmo;

    abraços e sorte,

    filipeaguiarr
  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    @mmtacchi disse:
    Bom dia

    Preciso de uma informação, para fazer a transcrição de casamento pelo consulado de SP, os documentos seriam:

    Veja esta relação de documentos no site de cada consulado. Como são imprevisíveis as solicitações (de cada consulado) não orientamos, aqui no Portal, a fazer transcrições pelos consulados e orientamos a quem deseja fazer desta forma a seguir rigorosamente as orientações de cada consulado.

    abraços,

  • FabricioFabricio Member 25 PontosPosts: 5

    Olá! Gostaria de compartilhar o andamento do processo de atribuição de meu filho (menor) enviado para Tondela:

    • Envio da documentação via DHL: enviado dia 26/06/20, entregue dia 30/06/2020;
    • Recebimento da chave de acesso por e-mail: dia 22/07/2020 (Fase 1)
    • Fase 7: Terminado (aguardando registro): dia 28/07//2020;

    Aproveito para pedir uma sugestão: para dar entrada em meu processo de Aquisição por Casamento, é melhor aguardar o registro e emissão do assento de nascimento de meu filho, ou apenas sua certidão de nascimento brasileira é suficiente? Em setembro deste ano completo 5 anos de casado com minha esposa, que já possui nacionalidade portuguesa.

    Agradeço ao Portal pela imensa ajuda que aqui obtive, em especial ao @CEGV !
    Abraços e saúde a todos!

  • RalmRalm Member 24 PontosPosts: 2

    @Fabricio
    Boa tarde.

    Você também solicitou transcrição de casamento ou somente atribuição de menor de idade?

    Se fosse você, aguardaria o registro do seu filho para solicitar a aquisição em decorrência do casamento, isto porque a nova lei de nacionalidade aprovada recentemente, inclusive, estabelece que a aquisição nessa hipótese não tem o elemento temporal se o casal tiver filhos portugueses. Esperaria mais algumas semanas (tempo que haverá o registro do seu filho em Tondela).

    cordialmente,

    Fabricio
  • FabricioFabricio Member 25 PontosPosts: 5

    @Ralm disse:
    @Fabricio
    Boa tarde.

    Você também solicitou transcrição de casamento ou somente atribuição de menor de idade?

    Sim o casamento já foi transcrito no passado.

    Se fosse você, aguardaria o registro do seu filho para solicitar a aquisição em decorrência do casamento, isto porque a nova lei de nacionalidade aprovada recentemente, inclusive, estabelece que a aquisição nessa hipótese não tem o elemento temporal se o casal tiver filhos portugueses. Esperaria mais algumas semanas (tempo que haverá o registro do seu filho em Tondela).

    Obrigado, realmente é melhor aguardar! Abraços

    cordialmente,

  • nina1991nina1991 Member 108 PontosPosts: 18

    Olá pessoal!

    Eu acabei de fazer a nacionalidade do meu tio e agora farei a da filha dele, minha prima.

    Ela tem 15 anos, portanto faria o processo para menor. As questões que eu tenho são:

    Vale a pena mandar o processo de menor para ACP, pra não precisar fazer a transcrição de casamento do meu tio, já que ele foi o declarante do nascimento e não mudou de nome após o casamento?

    Por Tondela eles não aceitam e hipotese alguma a atribuição de menores sem transcrição de casamento?

    Pela ACP vai demorar o mesmo que o processo de um maior de idade, eles não dão nenhuma prioridade?

    Se for pra enviar o pedido de transcrição junto para Tondela, quais são os documentos exigidos para transcrição exigidos?

    Caso decida fazer pela ACP, os documentos exigidos são os mesmos?

    Muito obrigada pela ajuda!

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    @nina1991 disse:
    Olá pessoal!

    Eu acabei de fazer a nacionalidade do meu tio e agora farei a da filha dele, minha prima.
    Ela tem 15 anos, portanto faria o processo para menor. As questões que eu tenho são:
    Vale a pena mandar o processo de menor para ACP, pra não precisar fazer a transcrição de casamento do meu tio, já que ele foi o declarante do nascimento e não mudou de nome após o casamento?

    ACP está horrível.

    Por Tondela eles não aceitam e hipotese alguma a atribuição de menores sem transcrição de casamento?

    Em Tondela tem que fazer a transcrição.

    Pela ACP vai demorar o mesmo que o processo de um maior de idade, eles não dão nenhuma prioridade?

    Nenhuma

    Se for pra enviar o pedido de transcrição junto para Tondela, quais são os documentos exigidos para transcrição exigidos?

    Veja nos nossos tópicos específicos... lá mantemos tudo organizado.

    Caso decida fazer pela ACP, os documentos exigidos são os mesmos?

    As relações de documentos estão no nossos tópicos

    Abraços,

  • nina1991nina1991 Member 108 PontosPosts: 18

    @CEGV vc poderia enviar os links, por favor, não encontro as mensagens que falam especificamente da relação de documentos pra atribuição de menor e transcrição de casamento pra Tondela

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    @nina1991 disse:
    @CEGV vc poderia enviar os links, por favor, não encontro as mensagens que falam especificamente da relação de documentos pra atribuição de menor e transcrição de casamento pra Tondela

    https://portalcidadaniaportuguesa.com/forum/discussion/28/atribuicao-1c-filhos-de-portugueses-menor-maior-documentos-e-para-onde-enviar/p1

    abraços,

  • nina1991nina1991 Member 108 PontosPosts: 18

    Pessoal, precisando da ajuda de vcs. Vou fazer o processo da minha prima que tem 15 anos, acabei de finalizar o processo do pai dela, meu tio. Ouvi dizer que Tondela é melhor pra atribuição de menores. A pergunta é, eu posso enviar o pedido de transcrição do casamento do meu tio junto com o pedido de atribuição da minha prima menor? Tondela faz transcrição de casamento? Ou melhor fazer em outra conservatória?

  • cecelopbcecelopb Member 113 PontosPosts: 32

    @nina1991 disse:
    Pessoal, precisando da ajuda de vcs. Vou fazer o processo da minha prima que tem 15 anos, acabei de finalizar o processo do pai dela, meu tio. Ouvi dizer que Tondela é melhor pra atribuição de menores. A pergunta é, eu posso enviar o pedido de transcrição do casamento do meu tio junto com o pedido de atribuição da minha prima menor? Tondela faz transcrição de casamento? Ou melhor fazer em outra conservatória?

    Pode mandar os dois processos, de transcrição e atribuição pra Tondela.
    Coloque cada processo em 1 envelope e coloque os dois envelopes em um único pra vc pagar um envio somente.

  • nina1991nina1991 Member 108 PontosPosts: 18

    @cecelopb Muito Obrigada :smiley:

    CEGV
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.