Diversas alterações ocorridas através de despacho do IRN, impactando processos de todos os tipos.
ATENÇÃO: TONDELA não é mais balcão de nacionalidade. Pendentes serão enviados para a CRCentrais
Para pagar seu emolumento de processo de Transcrição de casamento ou de obtenção de nacionalidade através de Vale Postal, clique neste link, para saber o valor correto a ser pago (valores atualizados diariamente)

Preenchimento do Requerimento tipo 1D para Processos de Conversão de Netos Já Naturalizados

2»

Comentários

  • CEGVCEGV Moderator 4913 PontosPosts: 4,839

    @Leticia09 disse:
    Olá! Eu preenchi o formulário de pagamento do 1-D e coloquei como nome do requerente o meu. Porém o processo que será feito o pedido de conversão é do meu pai. Será que isso invalida o pagamento? O nome eu coloquei do meu pai, porém no requerente coloquei o meu. Vi pelo seu formulário que teria que ser feito em nome do meu pai. Que o campo interessado só pode ser preenchido por advogado. Será que esse mesmo requisito vale para o preenchimento da taxa? Obrigada

    Leticia, bem vinda.

    Vou te contar um segredo guardado a 7 chaves, que ainda não havia mencionado a ninguém. Talvez seja conveniente você saber (também) que fui eu um dos que primeiros a incentivar e divulgar o pagamento com cartão de crédito e fui eu, inclusive, que obtive a informação, da presidência do IRN, que cartões de crédito podiam ser usados e aceitos em qualquer lugar para processos de cidadania. Acredite então no que escreverei abaixo.

    Se você conseguiu pagar com cartão de crédito, "tá valendo". O que eles precisarão checar é o número do pagamento (para que não seja usado novamente). O resto não é importante. Preencha o requerimento que recebeu por e-mail e, se tudo estiver correto, vai passar redondinho.

    não há importância, naquele formulário de pagamento, em praticamente nada. O mais importante ali é o campo e-mail. Se escrever errado, você não recebe o requerimento posteriormente por e-mail (requerimento e comprovante de pagamento).

    O resto são informação que, efetivamente, o IRN não presta muita atenção. As informações importantes serão preenchidas no próprio requerimento.

    Abraços,

    Abraços e aproveite nosso portal.

  • Leticia09Leticia09 Member 27 PontosPosts: 3

    Muito obrigada!

    CEGV
  • Leticia09Leticia09 Member 27 PontosPosts: 3

    Bom dia! Por favor estou com dúvida no preenchimento da certidão de antecedentes criminais. Devo preencher o todos os campo, inclusive o número do passaporte brasileiro? Daí devo enviar cópia autenticada dos documentos brasileiros (rg e passaporte) para comprovar as informações da certidão? Obrigada

  • bpratabprata Member 7 PontosPosts: 2

    @CEGV Quero agradecer por todas as informações aqui contidas nesse forum que tem sido de muita ajuda. Estou com dúvida sobre o preenchimento abaixo.

    Quadro 1: 4 Doc. de Identificação - "Não tenho o cartão cidadão ainda" o que colocaria aqui nesse caso?
    Quadro 4: Outro documentos - "Como não tenho o cartão cidadão, qual seria o outro documento sugerido?

    Será que seria melhor tirar o cartão cidadão primeiro?

    Obrigado

  • bpratabprata Member 7 PontosPosts: 2

    @CEGV Estou com dúvida sobre o preenchimento abaixo. Poderia me ajudar?

    Quadro 1: 4 Doc. de Identificação - "Não tenho o cartão cidadão ainda" o que colocaria aqui nesse caso?
    Quadro 4: Outro documentos - "Como não tenho o cartão cidadão, qual seria o outro documento sugerido?

    Será que seria melhor tirar o cartão cidadão primeiro?

  • micheldallamicheldalla Member 17 PontosPosts: 1

    @fabys_machado disse:

    @brekbrek2005 disse:
    CEGV muito obrigado pela resposta, você saberia me informar se é necessário ter o cartão cidadão ou o passaporte antes de solicitar a conversão? Ou posso solicitar só com meu número de nascimento e com a certidão?

    @brekbrek2005 , O Cc, é um documento exigido nos processos de conversão, terás que obter primeiro e anexar aos demais documentos, vale lembrar que a copia deve ser autenticada em cartório. O formulário 1D, devera ter assinatura reconhecida por autenticidade, a mesma assinatura no cartão cidadão.
    Boa sorte!

    Pessoal, boa noite! Excelente post! Uma divida: O formulario deve ter a assinatura reconhecida presencialmente no consulado portugues (e a instrucao no formulario e no portal do consulado). Voces estao dizendo que ao inves de reconhecimento PRESENCIAL da assinatura no consulado VALE TAMBEM a assinatura reconhecida por autenticidade em qualquer cartorio brasileiro? E isso? Se for, facilita MUITO!

  • Jorge_AdirJorge_Adir Member 22 PontosPosts: 3

    Boa tarde! Já possuo o cartão cidadão, e estou tentando minha atribuição, para passar para meus filhos a cidadania. No meu caso, meu avô materno, já falecido, era português, e minha mãe também, quando dei entrada na meu pedido de cidadania, que foi atendido em 2017 antes da nova lei. Já paguei o pedido de atribuição, e estou na fase do preenchimento do formulário1D. Já estive no consulado para autenticar, mas não sei se preciso enviar, novamente as certid]oes do meu avô e minha mãe, citados no quadro 4, ou apenas o meu assento de nascimento e atestado de bons antecedentes. Podem me ajudar! Desde já, obrigado pela atenção.

    CEGV
  • Jorge_AdirJorge_Adir Member 22 PontosPosts: 3

    Minha mãe, falecida e brasileira, que pulei a sua cidadania.

  • CEGVCEGV Moderator 4913 PontosPosts: 4,839

    @Jorge_Adir disse:
    Boa tarde! Já possuo o cartão cidadão, e estou tentando minha atribuição, para passar para meus filhos a cidadania. No meu caso, meu avô materno, já falecido, era português, e minha mãe também, quando dei entrada na meu pedido de cidadania, que foi atendido em 2017 antes da nova lei. Já paguei o pedido de atribuição, e estou na fase do preenchimento do formulário1D. Já estive no consulado para autenticar, mas não sei se preciso enviar, novamente as certidões do meu avô e minha mãe, citados no quadro 4, ou apenas o meu assento de nascimento e atestado de bons antecedentes. Podem me ajudar! Desde já, obrigado pela atenção.

    Veja o Tópico sobre convolação (abaixo)
    https://portalcidadaniaportuguesa.com/forum/discussion/58/conversao-da-nacionalidade-adquirida-pelo-extinto-art-6-4-para-nacionalidade-originaria-art-1-1-d/p1

    Quando der tudo certo, lembre da gente, passe aqui para dar um alô e dizer que tudo deu certo e contribua com o Portal.

    Abraços e ótima sorte,

  • Jorge_AdirJorge_Adir Member 22 PontosPosts: 3

    Muito obrigado pela ajuda. Estou enviando seguindo seu modelo de preenchimento, apenas acrescentei a cópia do assento de meu avô, além das cópias do meu assento e CC. Assim que tiver alguma notícia postarei aqui.

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4913 PontosPosts: 4,839

    @Jorge_Adir disse:
    Muito obrigado pela ajuda. Estou enviando seguindo seu modelo de preenchimento, apenas acrescentei a cópia do assento de meu avô, além das cópias do meu assento e CC. Assim que tiver alguma notícia postarei aqui.

    Se você é português não precisa enviar documentos provando a descendência portuguesa. Simples assim. Excessos de documentos, desde que não comprometam o procedimento, importam pouco. Acontece o tempo todo e os oficiais já estão acostumados.

    Abraços e boa sorte,

  • yuportoyuporto Member 101 PontosPosts: 15

    Prezados,

    Faltou espaço para preenchimento do nome completo da minha avó portuguesa, faltou um sobrenome. As instruções dizem que devo preencher apenas o que falta em novo formulário. Minha pergunta é sobre esse segundo, se devo realizar também a autenticação da assinatura, ou apenas do primeiro.

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4913 PontosPosts: 4,839

    @yuporto disse:
    Prezados,

    Faltou espaço para preenchimento do nome completo da minha avó portuguesa, faltou um sobrenome. As instruções dizem que devo preencher apenas o que falta em novo formulário. Minha pergunta é sobre esse segundo, se devo realizar também a autenticação da assinatura, ou apenas do primeiro.

    A rigor, sim. Melhor evitar problemas futuros. Autenticação é muito barata se comparada com o risco de cair em exigência.

  • VolnerVolner Member 17 PontosPosts: 1

    Prezados amigos:
    Estou no processo de preenchimento do formulário 1D e não sei que número colocar no campo Doc. de identificação, uma vez que não é mais preciso tirar o Cartão Cidadão para pedir a conversão de atribuição em originária.
    Alguém poderia me ajudar?
    De antemão agradeço.

    CEGV
  • CEGVCEGV Moderator 4913 PontosPosts: 4,839

    @Volner disse:
    Prezados amigos:
    Estou no processo de preenchimento do formulário 1D e não sei que número colocar no campo Doc. de identificação, uma vez que não é mais preciso tirar o Cartão Cidadão para pedir a conversão de atribuição em originária.
    Alguém poderia me ajudar?
    De antemão agradeço.

    @Volner, o preenchimento do 1.1-D para a convolação é padrão. Retorne à página 1 deste mesmo tópico (https://portalcidadaniaportuguesa.com/forum/discussion/62/preenchimento-do-requerimento-tipo-1d-para-processos-de-conversao-de-netos-ja-naturalizados/p1) e veja as instruções. Elas se aplicam aos processos conhecidos como de convolação da nacionalidade derivada dos netos quando anteriormente naturalizados pelo extinto artigo 6.4 e que desejam se tornar originários através do artigo 1.1-D.

    No mais, caso ainda restem dúvidas, poderá me procurar particularmente pelo link abaixo. O processo é simples e não requer um conjunto robusto de documentos. O documento a ser usado pelo requerente neste novo processo poderá ser o Cartão Cidadão ou, na falta dele, identidade (emitida a menos de 10 anos) ou passaporte (em validade suficiente).

    Enviar mensagem privativa para CEGV pelo Portal

    abraços,

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.