Assembleia da República portuguesa volta a discutir as alterações e veto do Presidente às alterações da Lei da Nacionalidade em 02 de Outubro, às 10:00, horário de Portugal!!!
Para pagar seu emolumento de processo de Transcrição de casamento ou de obtenção de nacionalidade através de Vale Postal, clique neste link, para saber o valor correto a ser pago (valores atualizados diariamente)

Processos de Aquisição para Descendentes de Judeus Sefarditas

RODRIGORODRIGO Moderator 567 PontosPosts: 136

Tópico exclusivo para discussões sobre processos de aquisição para descendentes de judeus sefarditas que tenham ou não o certificado da CIL ou CIP em mãos.

Comentários

  • AzoubelAzoubel Member 30 PontosPosts: 4

    Caros, tudo bem?
    Meu nome é Tomás, tenho um processo de naturalização por ascendência sefardita na CRC Lisboa.
    O processo tem o número 000XX/2017, já caiu em requerimento uma vez (reconhecimento de firma errado), e depois ficou parado um tempo esperando o DGAJ (DGAJ requerido em Abril).
    Agora, semana passada enviei um e-mail e recebi uma resposta nova!

    "Relativamente ao assunto acima indicado, tenho a honra de informar V. Exª que o seu processo de naturalização aguarda a elaboração oportuna de projeto de informação, que se debruçará sobre as questões de mérito bem como dos pressupostos/fundamentos do pedido de aquisição da nacionalidade portuguesa que formulou, no sentido de ser remetido a decisão de Sua Excelência a Secretária de Estado da Justiça."

    Minha interpretação é que o DGAJ chegou, e agora ele foi para decisão final. Faz sentido?
    Obrigado pela atenção. Sei que essa thread não é de origem sefardita, mas o DGAJ é um problema generalizado. Desculpe se foi incorreto.

  • EpidauraMoreiraEpidauraMoreira Member 1641 PontosPosts: 444

    Caro @Azoubel , Shalom!

    Que tal ampliar a discussão de seu tema no tópico

    http://portalcidadaniaportuguesa.com/forum2018/discussion/18/processos-de-aquisicao-para-descendentes-de-judeus-sefarditas#latest

    Fique bem! Desejo-lhe em seu processo muita

    ?´? ? ?´? ? ?´? ? ?´? ? ?´? ? ?´? ? ?´? ? ?´? ?

    LuisMariano
  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    @Azoubel & @EpidauraMoreira , Comentários transferidos para cá, tópico mais adequado. Azoubel, já faço minhas considerações. Corridinho o dia hoje mas não esqueceremos de você ! Garanto !
    Abraços,

    EpidauraMoreira
  • RODRIGORODRIGO Moderator 567 PontosPosts: 136

    @Azoubel disse:
    Caros, tudo bem?
    Meu nome é Tomás, tenho um processo de naturalização por ascendência sefardita na CRC Lisboa.
    O processo tem o número 000XX/2017, já caiu em requerimento uma vez (reconhecimento de firma errado), e depois ficou parado um tempo esperando o DGAJ (DGAJ requerido em Abril).
    Agora, semana passada enviei um e-mail e recebi uma resposta nova!

    "Relativamente ao assunto acima indicado, tenho a honra de informar V. Exª que o seu processo de naturalização aguarda a elaboração oportuna de projeto de informação, que se debruçará sobre as questões de mérito bem como dos pressupostos/fundamentos do pedido de aquisição da nacionalidade portuguesa que formulou, no sentido de ser remetido a decisão de Sua Excelência a Secretária de Estado da Justiça."

    Minha interpretação é que o DGAJ chegou, e agora ele foi para decisão final. Faz sentido?
    Obrigado pela atenção. Sei que essa thread não é de origem sefardita, mas o DGAJ é um problema generalizado. Desculpe se foi incorreto.

    Bom dia caro confrade,

    A DGAJ é um calvário para todos, processo do meu pai também demorou horrores nesta etapa. Agora com relação a informação que recebestes eu entendo que o seu processo esta agora de fato sendo trabalhado dentro da CRC Lisboa, estão elaborando um parecer para envia-lo a Secretaria da Justiça e cabe a esta aceitar ou não.

    Ao que me consta isto é algo novo, anteriormente só bastava anexar toda documentação que eles consideravam o certificado da comunidade israelita e nada mais, parece que agora eles pedem o relatório todo e fazem uma nova análise. Mas fique tranquilo não conheço um único caso de gente que após ter o certificado da CIL/CIP não teve sucesso no processo.

    Apenas estão sendo mais burocráticos. Infelizmente tens de aguardar pacientemente esta fase e depois vai pra justiça dar a canetada final.

    EpidauraMoreiraCEGVAzoubelCarol_macke
  • EpidauraMoreiraEpidauraMoreira Member 1641 PontosPosts: 444

    Há uma matéria interessante no DN sobre esta possibilidade de se chegar à nacionalidade portuguesa:

    https://www.dn.pt/pais/interior/judeus-sefarditas-mais-de-seis-mil-israelitas-e-turcos-querem-bi-portugues-9561404.html

    CEGV
  • EpidauraMoreiraEpidauraMoreira Member 1641 PontosPosts: 444

    Para conhecimento, levando-se em conta a data da publicação: 27 DE AGOSTO, 2017

    https://portal.oa.pt/comunicacao/imprensa/2017/08/27/nacionalidade-portuguesa-atribuida-a-713-descendentes-de-sefarditas/

    Parece-me que o número de interessados em trilhar este caminho até a nacionalidade portuguesa seja bem maior do que o anteriormente suposto pelos iniciantes e legisladores aprovantes da LN.

  • Carol_mackeCarol_macke Member 56 PontosPosts: 21

    @RODRIGO disse:

    @Azoubel disse:
    Caros, tudo bem?
    Meu nome é Tomás, tenho um processo de naturalização por ascendência sefardita na CRC Lisboa.
    O processo tem o número 000XX/2017, já caiu em requerimento uma vez (reconhecimento de firma errado), e depois ficou parado um tempo esperando o DGAJ (DGAJ requerido em Abril).
    Agora, semana passada enviei um e-mail e recebi uma resposta nova!

    "Relativamente ao assunto acima indicado, tenho a honra de informar V. Exª que o seu processo de naturalização aguarda a elaboração oportuna de projeto de informação, que se debruçará sobre as questões de mérito bem como dos pressupostos/fundamentos do pedido de aquisição da nacionalidade portuguesa que formulou, no sentido de ser remetido a decisão de Sua Excelência a Secretária de Estado da Justiça."

    Minha interpretação é que o DGAJ chegou, e agora ele foi para decisão final. Faz sentido?
    Obrigado pela atenção. Sei que essa thread não é de origem sefardita, mas o DGAJ é um problema generalizado. Desculpe se foi incorreto.

    Bom dia caro confrade,

    A DGAJ é um calvário para todos, processo do meu pai também demorou horrores nesta etapa. Agora com relação a informação que recebestes eu entendo que o seu processo esta agora de fato sendo trabalhado dentro da CRC Lisboa, estão elaborando um parecer para envia-lo a Secretaria da Justiça e cabe a esta aceitar ou não.

    Ao que me consta isto é algo novo, anteriormente só bastava anexar toda documentação que eles consideravam o certificado da comunidade israelita e nada mais, parece que agora eles pedem o relatório todo e fazem uma nova análise. Mas fique tranquilo não conheço um único caso de gente que após ter o certificado da CIL/CIP não teve sucesso no processo.

    Apenas estão sendo mais burocráticos. Infelizmente tens de aguardar pacientemente esta fase e depois vai pra justiça dar a canetada final.

    @RODRIGO disse:

    @Azoubel disse:
    Caros, tudo bem?
    Meu nome é Tomás, tenho um processo de naturalização por ascendência sefardita na CRC Lisboa.
    O processo tem o número 000XX/2017, já caiu em requerimento uma vez (reconhecimento de firma errado), e depois ficou parado um tempo esperando o DGAJ (DGAJ requerido em Abril).
    Agora, semana passada enviei um e-mail e recebi uma resposta nova!

    "Relativamente ao assunto acima indicado, tenho a honra de informar V. Exª que o seu processo de naturalização aguarda a elaboração oportuna de projeto de informação, que se debruçará sobre as questões de mérito bem como dos pressupostos/fundamentos do pedido de aquisição da nacionalidade portuguesa que formulou, no sentido de ser remetido a decisão de Sua Excelência a Secretária de Estado da Justiça."

    Minha interpretação é que o DGAJ chegou, e agora ele foi para decisão final. Faz sentido?
    Obrigado pela atenção. Sei que essa thread não é de origem sefardita, mas o DGAJ é um problema generalizado. Desculpe se foi incorreto.

    Bom dia caro confrade,

    A DGAJ é um calvário para todos, processo do meu pai também demorou horrores nesta etapa. Agora com relação a informação que recebestes eu entendo que o seu processo esta agora de fato sendo trabalhado dentro da CRC Lisboa, estão elaborando um parecer para envia-lo a Secretaria da Justiça e cabe a esta aceitar ou não.

    Ao que me consta isto é algo novo, anteriormente só bastava anexar toda documentação que eles consideravam o certificado da comunidade israelita e nada mais, parece que agora eles pedem o relatório todo e fazem uma nova análise. Mas fique tranquilo não conheço um único caso de gente que após ter o certificado da CIL/CIP não teve sucesso no processo.

    Apenas estão sendo mais burocráticos. Infelizmente tens de aguardar pacientemente esta fase e depois vai pra justiça dar a canetada final.

    @RODRIGO disse:

    @Azoubel disse:
    Caros, tudo bem?
    Meu nome é Tomás, tenho um processo de naturalização por ascendência sefardita na CRC Lisboa.
    O processo tem o número 000XX/2017, já caiu em requerimento uma vez (reconhecimento de firma errado), e depois ficou parado um tempo esperando o DGAJ (DGAJ requerido em Abril).
    Agora, semana passada enviei um e-mail e recebi uma resposta nova!

    "Relativamente ao assunto acima indicado, tenho a honra de informar V. Exª que o seu processo de naturalização aguarda a elaboração oportuna de projeto de informação, que se debruçará sobre as questões de mérito bem como dos pressupostos/fundamentos do pedido de aquisição da nacionalidade portuguesa que formulou, no sentido de ser remetido a decisão de Sua Excelência a Secretária de Estado da Justiça."

    Minha interpretação é que o DGAJ chegou, e agora ele foi para decisão final. Faz sentido?
    Obrigado pela atenção. Sei que essa thread não é de origem sefardita, mas o DGAJ é um problema generalizado. Desculpe se foi incorreto.

    Bom dia caro confrade,

    A DGAJ é um calvário para todos, processo do meu pai também demorou horrores nesta etapa. Agora com relação a informação que recebestes eu entendo que o seu processo esta agora de fato sendo trabalhado dentro da CRC Lisboa, estão elaborando um parecer para envia-lo a Secretaria da Justiça e cabe a esta aceitar ou não.

    Ao que me consta isto é algo novo, anteriormente só bastava anexar toda documentação que eles consideravam o certificado da comunidade israelita e nada mais, parece que agora eles pedem o relatório todo e fazem uma nova análise. Mas fique tranquilo não conheço um único caso de gente que após ter o certificado da CIL/CIP não teve sucesso no processo.

    Apenas estão sendo mais burocráticos. Infelizmente tens de aguardar pacientemente esta fase e depois vai pra justiça dar a canetada final.

    Bom dia Rodrigo, como soube dessa informação de uma “segunda análise” do processo encaminhado ao CIL pelos órgãos portugueses???

  • mapinheiromapinheiro Member 2 PontosPosts: 1

    Prezados, bom dia. Alguém poderia disponibilizar um processo enviado e aprovado pelo CIL, para servir de modelo?
    Por favor, é deveras importante se alguém puder assim fazê-lo, pois alguns, como eu, não dispõe de recursos suficientes para contratar a um genealogista, mas que pode fazer o próprio processo, mas tem muotas dúvidas.
    Agradeço antecipadamente.

  • AzoubelAzoubel Member 30 PontosPosts: 4

    mapinheiro, desculpe. meu processo foi feito pela CIP.
    não precisei fazer uma longa genealogia pois minha família continuou sefardita até gerações recentes! sei que tem um rapaz que vende uma apostila de genealogia sefardita, sempre anuncia no outro forum. pode tentar também algum grupo de genealogia anussim (novos cristãos) no Facebook.
    boa sorte!

  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120
  • GuiCastroGuiCastro Member 2 PontosPosts: 1

    Meus caros, boa tarde.

    Meu nome é Guilherme Castro e estou começando o processo de cidadania através da descendencia sefardita. Um primo distante da minha família conseguiu o reconhecimento pela CIL e o advogado que fez o estudo da genealogia da família nos procurou para verificar se tinhamos interesse em iniciar nosso processo.

    Ele disse que seria mais seguro enviar o estudo da genealogia para a Universidade de Lisboa (Laboratório de Estudos Judáicos - ISCSP-UL) para emissão de uma carta para ser enviada em conjunto dos documentos para a CIL certificar.

    Essa carta deve ser emitida até o final do mês de abril, mas estou em busca de entender melhor o processo sobre a análise da CIL e a necessidade de um advogado para me assessorar (conversei com um advogado brasileiro em Portugal que queria cobrar 2,450 euros para dar entrada na CIL e na nacionalidade).

    Acho um valor altíssimo, principalmente pelo processo ser todo digital desde o início de fevereiro. Uma das informações que ele me passou foi a possibilidade entrar na CIL e com a nacionalidade concomitantemente de modo a agilizar o processo, uma vez que a CIL estava demorando 6 meses e a nacionalidade 16 meses. Ou seja, agilizaria o processo ao conseguir a certificação da CIL.

    Gostaria de saber a opinião de vocês:

    • Vocês acham necessário um assessor pra CIL? (Descrever a relação com a comunidade é essencial para o deferimento)?
    • Vocês acham necessário um assessor pra Nacionalidade?
    • Atualmente a ACP é a mais célere para a análise da documentação (Sei que isso pode alterar até eu conseguir a certidão da CIL)?

    Qualquer conselho e/ou indicação de contatos é de grande valia.

    Obrigado desde já e será bom poder trocar informações por aqui.

  • CEGVCEGV Moderator 4675 PontosPosts: 4,120

    GuiCastro,

    Processos deste tipo são de responsabilidade e tramitação exclusiva da CRCentrais, em Lisboa.

    Soube hoje que o IRN, a fim de agilizar os processos pendentes de descendentes de Judeus Sefarditas Portugueses, está distribuindo os processos pendentes a diversas outras conservatórias. Isso não indica que outras conservatórias receberão e tramitarão os processos de sefarditas. Os processos, pelo que entendi, seguirão para Lisboa (CRCentrais) e lá eles distribuirão os processos para outras conservatórias.

    Usar ou não assessores e advogados é decisão pessoal de cada requerente. O que precisa ser lembrado é nada é tão simples quanto alguns tentam dar a entender. Muito trabalho e tempo de alguém será dispendido no preparo, submissão e acompanhamento de qualquer processo de nacionalidade. Se você tem esta disponibilidade, espírito pesquisador, determinação e paciência para tocar este "projeto" é algo que deve ser muito bem avaliado. Tenha em mente que é muito fácil encontrar informações na Internet porém filtrar o que é boa informação (para você) ou não são outros 500. Pessoalmente vejo muita (mas muita) gente na Internet dando opinião mas sem experiência, estudo ou tempo de estrada necessário para falar qualquer coisa que seja sobre nacionalidade. São ecos de outros especialistas e profissionais que muito provavelmente não têm o preparo necessário para dar indicações.

    Se decidir por contratar serviços busque muitas informações sobre seu prestador de serviços e, se possível, converse com diversos outros clientes.

    Abraços e boa sorte !

  • EpidauraMoreiraEpidauraMoreira Member 1641 PontosPosts: 444
    editado abril 2019

    Caro @GuiCastro , em adiçao ao acima sabiamente exposto por nosso colega @CEGV , caso opte por contratar alguém, peça necessariamente ao prestador de serviços pelo menos 5 nomes de clientes com causas concluidas com sucesso e pergunte-lhe como contactar tais pessoas.

    Parece querer meter o bedelho em assuntos alheios, mas nao é. Colher referencias é uma pratica muitissimo usual na vida profissional. Quem de nos, em fase de candidatura a um posto, nao teve de prover referencias?

    Aconselho a pratica acima por existir atualmente na Net um "diluvio" de gente oferecendo o que nao conhece... é preciso cautela aqui.

    Masel tov! !מזל טוב Boa sorte!
    🍀🤞🍀🤞🍀🤞🍀🤞🍀🤞🍀🤞🍀🤞🍀🤞🍀🤞🍀🤞

    CEGV
  • heliobheliob Moderator 362 PontosPosts: 63

    @GuiCastro

    O processo em si de naturalização pela artigo 6.7 da Lei de Nacionalidade Portuguesa é simples e não vejo a obrigatoriedade de contratação de advogado, no momento somente pode ser instruído na CRC de Lisboa como o caro colega @CEGV colocou.

    No entanto para instruir o processo é necessário um certificado de uma comunidade judaica portuguesa, no caso os descendentes sefarditas que não são judeus pedem à Comunidade Israelita de Lisboa e os que são judeus pode pedir tanto em Lisboa quanto na do Porto, esta última salvo engano emite apenas para judeus praticantes.

    Para se obter o certificado é necessário um relatório bem elaborado com todas as provas genealógicas ligando o requerente ao ancestral sefardita bem como as provas da origem judaica do dito ancestral. Geralmente para esse trabalho as pessoas contratam um genealogista, é possível fazer sozinho o tal relatório no entanto é um trabalho lento e de muita pesquisa. O relatório será objeto de análise da Comunidade judaica e aí sim o certificado será emitido.

    Espero que tenha esclarecido!

    CEGVEpidauraMoreira
  • Larina1011Larina1011 Member 27 PontosPosts: 2

    Hello all,

    Does anyone have an idea which month is currently being registered for Nationality process as Descendants of Sephardic Jews.

    I received approval in November 2019.

    Thank you
    Larina

Entre ou Registre-se para fazer um comentário.